Ex-PM é preso acusado de falsificação em Magé

Em sua casa foram encontrados 79 documentos de outras pessoas e um falso pronto para ser entregue

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - Um ex-policial militar foi preso na noite desta segunda-feira por homens do 34º BPM (Magé) no bairro de Parque Santa, em Piabetá, Magé, Baixada Fluminense, acusado de falsificar carteiras de habilitação e de identidade.

Segundo a PM, na casa do detido, que não teve a identidade revelada, foram recolhidos 79 documentos de outras pessoas e uma carteira de habilitação falsa pronta para ser entregue. O homem ofereceu R$ 10 mil para não ser preso. Vizinhos contaram aos policiais que ele cobrava cerca de R$ 1,5 mil por uma falsificação.

A PM também apreendeu com ele um revólver calibre 38 não registrado, um notebook, impressora e um pen drive. O acusado informou que preparava a documentação e entregava para um amigo, que seria de Campos. O preso e o material apreendido foram encaminhados para a 66ª DP (Piabetá).

Material apreendido com suposto ex-PM acusado de falsificaçãoDivulgação


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia