Mais Lidas

Homem acusado de matar a patroa em Sepetiba é preso

Crime aconteceu em 2013, mas prisão só ocorreu em janeiro deste ano. Homem teve ajuda do primo para cometer crime

Por tiago.frederico

Rio - Acusado de matar a patroa, em Sepetiba, Jonatha de Oliveira Nenzi foi preso por policiais da Divisão de Homicídios da Capital (DH) nesta segunda-feira. Além dele, também foi preso o seu primo, William Moreira Leandro. Os dois são apontados como autores do homicídio de Maria Aparecida Rocha da Silva e seu companheiro Álvaro Rodrigo Gomes da Silva, em 29 de junho de 2013.

De acordo com o delegado assistente da especializada, Fábio Cardoso, o crime ocorreu na casa das vítimas, na Estrada São Tarcísio, no bairro da Zona Oeste. Após investigações, os agentes descobriram que Jonatha era funcionário de Maria Aparecida, dona de um comércio na região, e estava tendo conflitos com Álvaro, que também trabalhava no local. Ele arquitetou o plano e chamou o primo, William, para cometer o crime.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia