Projeto de lei que cria sistema contra roubo de bicicletas é aprovado na Alerj

Proposta tem uma diversas medidas como a obrigatoriedade das lojas fornecerem a nota fiscal com o número de série dos equipamentos

Por paloma.savedra

Rio - A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou, por unanimidade, nesta terça-feira, o projeto de lei 444/15, que cria um sistema estadual contra o roubo e comércio ilegal de bicicletas. De autoria dos deputados Martha Rocha (PSD) e André Ceciliano (PT), a proposta tipifica o crime de roubo de bicicletas nos boletins de ocorrência, o que, segundo os deputados, poderá ajudar nas estatísticas. O projeto será enviado para a sanção do governador Luiz Fernando Pezão. 

Policiais da DH encontraram bicicletas e armas brancas no prédio de menor suspeito de esfaquear médico na Lagoa%3B material estava em condomínio em ManguinhosDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

Além disso, o projeto cria um cadastro estadual de bikes recuperadas e inclui o estímulo à identificação de bicicletas pelos proprietários e a obrigatoriedade das lojas fornecerem a nota fiscal com o número de série dos equipamentos. 

"Esse projeto é muito importante porque é uma demanda da sociedade. A Comissão de Segurança no Ciclismo me procurou assim que eu assumi o mandato", disse a deputada Martha Rocha. 

Caso Jaime Gold levantou a discussão

Queixa recorrente de ciclistas, a falta de tipificação ao crime de roubo a bicicletas chamou mais atenção após a morte do médico Jaime Gold, de 55 anos, em maio, na Lagoa Rodrigo de Freitas, Zona Sul do Rio.

Leia mais:

Delegado encerra investigação de morte de Jaime Gold 

'Uma carteira e uma bicicleta por uma vida', desabafa filha de médico esfaqueado 

PMs apreendem três menores suspeitos de furtarem bicicleta na Lagoa

Ele estava pedalando no local quando foi abordado por jovens que, em seguida, o esfaquearam. Após o caso, a Polícia Civil chegou a fazer apreensões de bicicletas no prédio onde um dos menores suspeitos de envolvimento no assalto morava. 

A insegurança e os riscos aos quais estão submetidos os ciclistas ganhou destaque e o problema passou a ser discutido na Alerj. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia