Prefeitura assume emergencialmente as sirenes do Vale do Cuiabá

Equipamentos foram abandonados pela Ong Viva Rio. Novidade faz parte da Operação Carnaval 2020 da Defesa Civil de Petrópolis

Por O Dia

Na região do Vale do Cuiabá, uma sirene móvel dará suporte à Defesa Civil em caso de chuvas fortes
Na região do Vale do Cuiabá, uma sirene móvel dará suporte à Defesa Civil em caso de chuvas fortes -
Petrópolis - A prefeitura assumiu emergencialmente as sirenes da região do Vale do Cuiabá, no Gentio e Buraco do Sapo. Os equipamentos haviam sido abandonados pela Ong Viva Rio, que financiava a manutenção do serviço. Os pluviômetros foram reinstalados e as réguas linimétricas estão sendo calibradas. A novidade faz parte da Operação de Carnaval 2020 da Defesa Civil de Petrópolis.

"A nossa Defesa Civil é referência para todo o Brasil. Neste período de chuvas fortes, não poderíamos fugir da nossa responsabilidade", disse o prefeito Bernardo Rossi, que ao lado do secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato, acompanhou os testes do equipamento nesta sexta-feira e lançou a Operação Carnaval 2020.

"As sirenes estavam funcionando, mas sem os pluviômetros. O monitoramento era feito junto com as lideranças comunitárias. Dessa maneira, com a prefeitura assumindo as sirenes, o nosso corpo técnico poderá ser ainda mais preciso", explica o coronel Paulo Renato.

Também dentro da Operação Carnaval 2020, na região do Vale do Cuiabá, uma sirene móvel dará suporte à Defesa Civil em caso de chuvas fortes. Um veículo operacional, equipado com as cornetas, será usado para alertar os moradores sobre inundações. "É mais um dispositivo que estamos empregando para proteger a vida da população", garante o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias.

A previsão até a próxima terça-feira, dia 25, indica a possibilidade de até 175 milímetros de chuva em Petrópolis. A Operação Carnaval 2020 terá o contingente de 52 agentes de prontidão 24 horas para atender aos chamados dos moradores, que podem ser feitos pelo telefone 199.

As equipes da Defesa Civil também irão monitorar os radares e os pluviômetros e, em caso de necessidade, poderá acionar as sirenes do sistema de Alerta e Alarme. São 20 conjuntos espalhados em 12 comunidades. Todos os equipamentos continuam funcionando perfeitamente. "Os moradores devem ficar atentos por conta da previsão de chuvas fortes durante o Carnaval. Neste caso, a população deve ligar para o 199 e informar caso haja alguma ocorrência”, completa o secretário.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários