O acidente aconteceu por volta das 23h. O inspetor havia acabado de sair do trabalho e voltava para casa - Reprodução/Redes Sociais
O acidente aconteceu por volta das 23h. O inspetor havia acabado de sair do trabalho e voltava para casaReprodução/Redes Sociais
Por O Dia
Petrópolis - O inspetor Sérgio Ricardo de Melo, o Serginho, de 50 anos, morreu atropelado por uma motocicleta, na noite de quarta-feira, por volta das 23h, na Rua Coronel Veiga, no Centro. O motociclista estava embriagado. Serginho havia acabado de sair do trabalho e se preparava para voltar para casa. A moto estaria em alta velocidade, de acordo com testemunhas. O piloto não conseguiu desviar da vítima, que atravessava a rua, na altura da garagem da empresa de ônibus na qual trabalhava. De acordo com os bombeiros, Serginho chegou a ser socorrido para o Hospital Santa Teresa, mas não resistiu aos ferimentos.
O motociclista foi preso mas não teve sua identidade revelada. Segundo a polícia, além de não possuir carteira nacional de habilitação (CNH), o exame de alcoolemia deu resultado positivo para embriaguez. De acordo com a delegada Juliana Ziehe, titular da 105ª DP, não foi arbitrada fiança e o rapaz ainda deverá ser encaminhado para a audiência de custódia para ser decidido se permanecerá preso ou responderá ao inquérito por homicídio culposo em liberdade. A pena prevista é de cinco a oito anos de prisão.
Publicidade
Serginho, como era conhecido na cidade, era casado e tinha duas filhas. O sepultamento aconteceu às 16h desta quinta-feira, no Cemitério Municipal.