Sérgio Cabral será ouvido por videoconferência em audiência

Mulher de ex-governador, Adriana Ancelmo, será uma das testemunhas

Por O Dia

Rio - O ex-governador do Rio Sérgio Cabral Filho participa, nesta terça-feira, às 14h30, de uma audiência no Tribunal de Justiça do Estado do Rio (TJRJ) em uma ação que apura se houve excesso no uso de helicópteros durante o seu mandato no governo do estado.

A mulher de Cabral, Adriana Ancelmo, será uma das testemunhas. Os dois que estão presos no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, serão ouvidos por videoconferência. 

“Considerando a repercussão do caso, bem como o fato de que o réu e a informante encontram-se presos, a audiência deverá ser realizada por vídeo conferência”, justificou a juíza Luciana Losada Albuquerque Lopes, da 8º Vara de fazenda Pública,  ao designar a oitiva do ex-governador.

Sérgio Cabral está preso desde novembro, sob a acusação de receber propina para fechar contratos públicos no estado. Adriana Ancelmo foi presa em dezembro, acusada de crimes de lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Na última terça-feira, o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (MPF/RJ) apresentou uma nova denúncia à 7ª Vara Federal contra Cabral por 184 crimes de lavagem de dinheiro. 

 

Últimas de Rio De Janeiro