Mais Lidas

'Brutalmente retirados dos meus braços', diz mãe sobre filhos mortos na Z.Oeste

Principal suspeito é o pai das crianças, que depois se jogou do 5º andar. Polícia Civil investiga o motivo do crime

Por gabriela.mattos

Crianças foram mortas na Freguesia. Principal suspeito é o próprio paiReprodução Facebook

Rio - Mãe de duas crianças mortas na Freguesia, Zona Oeste do Rio, Andreia Magalhães Castro Antunes desabafou sobre a morte dos filhos na noite deste domingo. As vítimas foram encontradas mortas a facadas em um condomínio do bairro. O principal suspeito do crime é o seu ex-marido, Cesar Antunes Junior, de 48 anos. "Amores eternos da minha vida! Brutalmente retirados de meus braços por um louco, que era o pai a que eles amavam incondicionalmente e confiavam cegamente!”, disse a mulher, de 46 anos, que publicou ainda uma foto dos filhos. 

De acordo com a polícia, Cesar se jogou do 5º andar do prédio após o crime. As investigações apontam ainda que ele teria cortado o pescoço dos filhos, Maria Nina Magalhães Castro Antunes, de 10 anos, e Bernardo Magalhães Castro Antunes, de 6 anos.

Segundo a PM, policiais do 18º BPM (Jacarepaguá) encontraram sete bilhetes na mesa do apartamento, com mensagens que fazem referência à Andreia. "Cadê a poderosa?", escreveu em um dos papéis. "Não vai ficar com a guarda de nenhum dos dois e também não vai me colocar na cadeia kkkk", afirmou em outro papel. As cartas foram encaminhadas para a perícia para confirmar se o autor foi Cesar.

Cesar Antunes Junior cortou o pescoço dos filhos%2C Maria Nina e Bernardo%2Ce se matou em seguidaReprodução/Facebook

Uma das linhas de investigação da Polícia Civil é a de que o crime teria sido causado por uma crise de ciúme de Cesar, já que ele e a ex-mulher se separaram recentemente. No último sábado, Andreia comemorou seu aniversário e publicou várias fotos comemorando a data com amigas. De acordo com a polícia, as imagens podem ter sido a causa do descontrole do homem.

Já nas redes sociais do suspeito, amigos lamentaram a sua atitude. "Querido César, que você seja perdoado e possa encontrar a verdadeira paz perto de Deus. Não posso acreditar que você fez isso em sua natureza mais pura. Você era uma pessoa doce e gentil. Essa era sua natureza. Qualquer coisa fora disso não era seu. Que Deus possa confortar os corações de ambas as famílias, apesar da dor que imagino ser devastadora. Estamos profundamente tristes e consternados com tudo isso. Não consigo parar de pensar na Nina. Tenho certeza que seus anjinhos já estão no colo de Jesus. Mas mesmo assim vocês todos estarão em minhas orações todos os dias", escreveu uma amiga.

Ainda não há informações sobre o local do velório e enterro das vítimas.

Reportagem do estagiário Rafael Nascimento

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia