Mais Lidas

Tiroteio deixa quase dois mil alunos sem aulas no Lins e no Morro São João

PM faz operação nas duas comunidades e no Morro dos Macacos em busca dos suspeitos de matar soldado neste domingo

Por gabriela.mattos

Rio - Um intenso tiroteio deixou 1.911 alunos sem aulas no Complexo do Lins e no Morro São João, na Zona Norte do Rio, na manhã desta segunda-feira. Desde cedo, os batalhões de Operações Policiais Especiais (Bope), de Ações com Cães (BAC) e de Polícia de Choque (BPChq) estão fazendo uma operação nessas duas comunidades e também no Morro dos Macacos. O objetivo dos policiais é encontrar os suspeitos de matar o soldado Anderson de Azevedo Marques, de 31 anos, neste domingo.

A ação tem ainda parceria das Unidades do 1º Comando de Policiamento de Área e a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP). Segundo a Secretaria Municipal de Educação, duas escolas, quatro creches e um Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) estão fechados por causa do confronto. No entanto, os colégios estão funcionando normalmente no Morro dos Macacos.

PM é morto em confronto com bandidos

Neste domingo, o soldado havia abordado dois homens que estavam em uma moto na Rua Barão do Bom Retiro, quando foi atacado. Houve confronto no local. Além de Anderson, o policial que fazia patrulhamento com ele e duas mulheres que passavam pelo local foram feridos. Até o momento, nenhum suspeito foi preso.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia