Mais Lidas

Dono de bar é preso suspeito de espancar e matar jovem na Baixada

Bruno Durange foi agredido durante discussão na última sexta. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu no domingo

Por gabriela.mattos

Bruno Mello Durange foi morto em São João de MeritiReprodução Facebook

Rio - Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam, na manhã desta quarta-feira, Fagner Rodrigues Gaspar, de 34 anos. Dono do Floresta Bar, ele é suspeito de espancar o estudante Bruno Mello Durange, de 28 anos, durante uma discussão no estabelecimento, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. O caso ocorreu na última sexta-feira. 

Inicialmente, o universitário foi socorrido para o Posto de Atendimento Médico (PAM) da cidade e depois, no dia seguinte, encaminhado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (Posse). No entanto, ele não resistiu e morreu no último domingo. De acordo com a DHBF, contra Fagner foi cumprido um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça. Ele responderá pelo crime de homicídio.

A mãe da vítima pediu por justiça e classificou o ocorrido como covardia. "Que não fique impune o que fizeram com meu filho. Ele veio da faculdade e foi espancado neste bar", disse Lindauria Mello.

Em nota publicada na página do Facebook do Floresta Bar, no fim de semana, os proprietários lamentam o episódio e esclarece que a briga aconteceu entre os frequentadores, que repudia qualquer ato de violência e se colocou a disposição da família da vítima. O estabelecimento ressaltou ainda que todas as medidas judiciais estão sendo tomadas em desfavor dos usuários de rede sociais que estão veiculando informações falsas e distorcidas.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia