Mais Lidas

Justiça decide manter investigação contra o ex-BBB Marcos Harter

Ele foi indiciado por agressão contra Emilly Araújo, a campeã do programa

Por nadedja.calado

Rio - Foi negado um pedido de liminar que pretendia suspender as investigações policiais contra o ex-BBB Marcos Harter, indiciado por agressão contra a colega de programa, Emilly Araújo, ainda dentro da casa do Big Brother Brasil 17. O pedido foi indeferido pelo juiz Marco Couto, da 1ª Vara Criminal de Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio.

Segundo o Poder Judiciário do Rio, Marcos disse que não autorizou que o advogado requisitasse o habeas corpus, mas a ação teve que ser julgada mesmo assim. No pedido de liminar, o advogado de Marcos, Roberto Flávio Cavalcanti, argumentou que a vítima não prestou queixa e alegou que a delegada Márcia Noeli Barreto, da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher, não teria atribuição para presidir o inquérito.

A delegada disse que apenas contatou a outra delegada, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, que foi quem instaurou o inquérito policial para apurar os aontecimentos. O pedido da liminar foi negado porque o advogado não apresentou a cópia do inquérito.

Relembre o caso

Marcos foi expulso da casa do 'Big Brother Brasil 17 após a produção do programa concluir que ele agrediu a estudante Emilly Araújo, 20 anos, em decorrência de investigação da Deam.

Na ocasião, Marcos segurou Emilly pelos braços e gritou com a sister enquanto apontava o dedo em sua face. Em outro momento, internautas relataram que o brother bateu a cabeça da gêmea no chão enquanto ficava em cima dela.

Na abertura do reality, o apresentador Tiago Leifert anunciou a medida. "O Big Brother é um programa que reflete a vida real e, como tal, os fatos da vida. Continuando o episódio de ontem, a Polícia Civil esteve na casa e colheu depoimentos de Marcos e Emilly. Eles foram ouvidos separadamente no confessionário e Emilly teve todo o apoio da produção no caso. A polícia concluiu que há indícios de agressão. Sendo assim, Marcos está eliminado do programa. Vamos anunciar que as meninas serão as finalistas. A nossa casa está inserida no contexto da vida, no contexto da lei. Peço a vocês compreensão e paciência", disse.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia