Mais Lidas

Polícia recupera carga roubada avaliada em R$ 5 milhões

Foram presas 12 pessoas e um menor acabou apreendido

Por thiago.antunes

Rio - A Polícia Civil desarticulou, na madrugada deste sábado, uma quadrilha do Complexo do Alemão que havia roubado uma carga de produtos eletrônicos avaliada em R$ 5 milhões de uma transportadora de Araruama, na Região dos Lagos. Durante a fuga, os bandidos foram cercados por agentes da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), na Rodovia Niterói-Manilha, no trecho próximo à Niterói.

Na ação, 12 suspeitos foram presos e um menor foi detido. Com os acusados, os policiais apreenderam três caminhonetes, um veículo de passeio, armas e toucas ninja, usadas para cobrir o rosto dos assaltantes. A carga foi recuperada pelos policiais.

Doze bandidos foram presos por roubo de cargaAlexandre Brum / Agência O Dia

Os bandidos utilizaram duas caminhonetes e um veículo de passeio para praticar o assalto. Segundo uma testemunha, o grupo invadiu o galpão da transportadora por volta das 1:50 da manhã, pulando o muro pelos fundos do imóvel. Os três funcionários que estavam dormindo no local  foram obrigados a ajudar o bando a descarregar as mercadorias que estavam em um caminhão que tinha acabado de ser abastecido com produtos na cidade do Rio de Janeiro.

Um dos funcionários teria sido brutalmente espancado pelos assaltantes. “Os bandidos colocaram a arma na boca do meu funcionário, bateram com o cano da arma e chegaram a quebrar alguns dentes” detalhou o dono da transportadora, que pediu para não ter a identidade revelada. Ainda segundo ele, ao anunciar o assalto, os bandidos perguntaram por uma possível carga de celulares. “Eles sabiam que o nosso estoque estava cheio por causa da semana do  Dia das Mães”, comentou o empresário. A Polícia Civil vai investigar se algum funcionário forneceu informações para a quadrilha.

Agentes recuperaram cargaAlexandre Brum / Agência O Dia


O empresário apontou a impunidade como uma das principais causas do crescente número de veículos de carga roubados no estado. “Um dos bandidos já havia sido preso por roubo de carga, mas foi solto em menos de dois meses. Até quando esses bandidos vão ficar presos?”, desabafou em tom de preocupação. Segundo a Polícia Civil, um outro acusado, identificado como Marcos Vinicius de Araújo Monteiro, já havia sido preso por receptação, mas foi liberado pela Justiça no mesmo dia. Dados do Sistema Firjan apontam que entre 2011 e 2016 houve um aumento de 220% no número de roubo de cargas no Rio de Janeiro, o que causou um impacto de R$ 2,1 bilhões na economia do estado.

O titular da DRFA, Alessandro Petralanda, afirmou que o grupo era especializado em roubo de veículos na capital fluminense. Um dos presos, segundo ele, foi designado pelo tráfico de drogas do Complexo do Alemão para liderar as quadrilhas de roubo de carros.

“Devido a crise econômica, o crime organizado está diversificando suas ações”, explicou. Ainda segundo o delegado, na semana passada a mesma quadrilha havia roubado duas caminhonetes na capital fluminense com o objetivo utilizá-las para carregar os produtos que seriam roubados da transportadora.

A Polícia Civil vai investigar quem seriam os possíveis receptadores destas mercadorias. Os presos serão indiciados por associação criminosa, receptação, adulteração de sinal de identificador de veículo, porte ilegal de arma, corrupção de menores, roubo de veículos e roubo de cargas.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia