Mais Lidas

Quatro suspeitos são presos e um é morto durante operações em morros do Rio

Ações do Batalhão de Operações Policiais Especiais e da Polícia Militar foram feitas no Morro do São Carlos, Serrinha, Juramento e Juramentinho

Por karilayn.areias

Rio - Quatro suspeitos foram presos, um foi morto e um menor foi apreendido, nesta sexta-feira, durante operações da polícia em comunidades da Região Central e da Zona Norte do Rio. As ações, feitas pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e a Polícia Militar (PM), aconteceram no Morro do São Carlos, no Estácio; Serrinha, em Madureira; Juramento e Juramentinho, em Vicente de Carvalho. 

PMs no Morro do Juramento Divulgação/ Twitter PMERJ

No Morro do São Carlos cerca de 30 policiais do Bope participaram da operação. Um homem conhecido como “Locke” foi preso. Segundo a polícia, com ele foi apreendido um fuzil AK-47 com vários carregadores, um radiotransmissor e carga de drogas. A ocorrência foi registrada na Cidade da Polícia.

Já na Serrinha foram as equipes do 9º BPM (Rocha Miranda) que entraram na comunidade. De acordo com a PM, o objetivo da ação era prevenir e reprimir crimes como roubo de veículos, roubo de cargas, roubo a pedrestres e o tráfico de drogas. Com a chegada dos policiais na Rua Lima Drumond, houve confronto e um suspeito ferido não resistiu e morreu. Com ele foi apreendida uma pistola Taurus calibre 9mm, um radiotransmissor e drogas.

E desde 5h30 da manhã de hoje, equipes do 41º BPM (Irajá) e do 2º Comando de Policiamento de Área (2º CPA) atuam no Morro do  Juramento. Os policiais procuram por criminosos que disputam a venda de drogas na região. Policiais do 3º BPM (Méier) também estão ocupando o Morro do Juramentinho.

Durante o patrulhamento, foram presos três suspeitos e um menor foi apreendido. Com eles os policiais encontraram dois fuzis, sendo um modelo AK-47 e um AR-15, e um rádio transmissor com três baterias. Segundo a PM, dois dos presos são do São Carlos, um do Morro do Urubu e o menor do Juramento. 

Os presos e todo o material apreendido foram encaminhados para a Central de Garantias. A operação continua em andamento.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia