Apontado como chefe do tráfico de comunidade no Jacaré é preso pela PM

Além de comandar o tráfico do Rato Molhado, 'Gordão' seria responsável por ligação com favelas do interior do estado

Por O Dia

Luciano Veiga da Silva, o Gordão, foi preso em casa, na favela do Rato MolhadoReprodução Facebook

Rio - Um homem apontado como o chefe do tráfico da comunidade Rato Molhado, no Jacaré, Zona Norte do Rio, foi preso pela Polícia Militar na tarde desta terça-feira. Luciano Veiga da Silva, conhecido como Gordão, de 27 anos, foi preso em uma casa, na Rua Dois de Maio, por PMs da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Jacarezinho.

Gordão era investigado pelo setor de inteligência da UPP e tem um mandado de prisão por tráfico de drogas. Além disso, o criminoso seria o responsável por fazer a conexão criminosa entre as favelas do grande Méier e do interior do estado. O caso foi registrado na 25ª DP (Engenho Novo).


Últimas de Rio De Janeiro