Mais Lidas

Grávida é morta por asfixia em Belford Roxo

Ela estava com cinco meses de gestação. Criança também morreu

Por MARCO ANTÔNIO CANOSA

Grávida é morta por asfixia em Belford Roxo
Grávida é morta por asfixia em Belford Roxo -

Rio - Grávida de cinco meses, a atendente de caixa Katyara Pereira da Silva, de 27 anos, foi encontrada morta, com sinais de agressão e um saco plástico na boca, na manhã desta segunda-feira, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. O bebê também morreu.

O corpo foi encontrado na casa onde a jovem morava com duas filhas, de 3 e 10 anos, na Rua Diogo Moreira, no Parque São José. Segundo a polícia, homens do 39º BPM (Belford Roxo) foram acionados por vizinhos da mulher, que encontraram o corpo, por volta das 8h30. A filha mais nova da vítima gritava muito.

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) foi acionada e periciou o local do crime. Além de marcas de agressões por todo o corpo, a mulher tinha um saco plástico na boca, provavelmente posto pelo assassino para que seus gritos não chamassem a atenção. A casa também estava revirada, com sinais de que houve luta corporal.

Pelas redes sociais, uma prima de Katyara acusou um ex-companheiro da jovem, mas a DHBF não confirmou que haja, por enquanto, algum suspeito do crime.

Pelas redes sociais, parente e amigos prestaram homenagens e se mostraram revoltados com a morte da mulher e do bebê:

"Não aceito isso! Você era uma guerreira, tinha um coração incrível. Meu Deus, como podem existir monstros assim?", postou um amiga.

"Até agora não consigo acreditar. Não será mais a mesma coisa entrar no mercado e não te ver. Que Deus te receba de braços aberto e console o coração de toda sua família.

Vá em paz!", publicou outra.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários