Mais Lidas

Médico é agredido dentro de UPA em Paciência

Segundo a coordenação da unidade, motivação foi a não concessão de atestado médico para dois homens

Por O Dia

Médico agredido na UPA de Paciência postou relato nas redes sociais
Médico agredido na UPA de Paciência postou relato nas redes sociais -

Rio - Um médico que estava de plantão na UPA Paciência, na Zona Oeste, foi agredido por dois homens na noite desta quinta-feira. Eles agrediram o profissional por ele ter se recusado a dar atestado médico após o atendimento. 

Segundo a coordenação da unidade, dois homens foram à UPA com a finalidade de conseguir um atestado médico. Eles foram atendidos pelo médico de plantão que, ao verificar que não apresentavam qualquer motivo clínico que justificasse a concessão do documento, recusou-se a emiti-lo, sendo por isso agredido.

O vigilante da unidade hospitalar e outros profissionais interromperam as agressões e retiraram os homens do local. A PM foi chamada, mas o médico preferiu não ir à delegacia registrar boletim de ocorrência. A coordenação da unidade está prestando todo o apoio a ele.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários