Gabinete de intervenção garante que há combustível para ações no RJ

Segundo o interventor federal, General Braga Netto, todas as providencias estão sendo tomadas para acompanhar a manifestação dos caminhoneiros

Por Agência Brasil

Braga Netto garantiu mais de 60 operações no Rio
Braga Netto garantiu mais de 60 operações no Rio -

Rio - O general Walter Braga Netto, interventor federal na segurança do Rio de Janeiro, garantiu hoje (25) que todas as providências necessárias para o acompanhamento das manifestações dos caminhoneiros no estado estão sendo tomadas. Em uma postagem no perfil do Gabinete de Intervenção Federal (GIF), no Twitter, o general destacou que se preocupa com os efeitos da paralisação nas estradas do estado que possam provocar interrupção no abastecimento. "Minha principal preocupação é com a população, para que não haja desabastecimento".

Também no Twitter, o GIF descartou qualquer racionamento de combustível para a utilização dos veículos das forças de segurança do Rio “É importante destacar que não há racionamento de combustível nas instituições policiais e as operações previstas seguem seu curso normal”.

O GIF acrescentou que a polícia militar do Rio de Janeiro montou um esquema para atender necessidades de serviços essenciais "A @PMERJ está realizando escoltas em beneficio da manutenção de setores essenciais, como saúde, transporte de químicos para tratamento da água e funcionamento de aeroportos".

Em uma outra postagem, o órgão informou que desde o início da greve dos caminhoneiros, o Gabinete de Intervenção Federal monitora os impactos para o estado do Rio de Janeiro. "O planejamento do GIF prevê a atuação das forças seguranças estaduais e, caso necessário, das forças federais”, apontou.

Últimas de Rio de Janeiro