Homem se recusa a retirar cão da areia e é preso em Ipanema

Rapaz foi conduzido para a 14ª DP (Leblon), onde o caso foi registrado

Por O Dia

fHomem foi conduzido para a 14ª DP (Leblon), onde o caso foi registrado
fHomem foi conduzido para a 14ª DP (Leblon), onde o caso foi registrado -

Rio - Guardas municipais do Grupamento Especial de Praia (GEP) prenderam, na manhã desta segunda-feira, um homem por desobediência, após ele se recusar a seguir a orientação de retirar o seu cão da areia, na Praia de Ipanema. Os guardas faziam o patrulhamento na altura do Posto 7, na Avenida Viera Souto, quando viram Rafael correndo com o cão na areia. Os agentes o abordaram e, apesar da insistência dos guardas, ele se recusou a obedecer a ordem para retirar o cachorro da areia. Rafael Carvalho da Costa, 32 anos, foi conduzido para a 14ª DP (Leblon), onde o caso foi registrado. 

A presença de animais na areia é proibida pelo Código de Posturas Municipal (Decreto 29.881, de 18 de setembro de 2008), que estabelece uma série de regras de convivência e de utilização do espaço público. A fiscalização faz parte da rotina do Grupamento Especial de Praia, que atua com o foco na orientação de banhistas sobre a proibição da presença de cães, acampamentos, churrasqueira, botijão de gás, fogareiro, tocha, garrafas de vidro, venda de alimentos perecíveis, como camarão frito e queijo coalho. As práticas esportivas, como altinho e frescobol, também são proibidas no espelho d`água das 8h às 17h.

Últimas de Rio de Janeiro