Familiares de empresário morto no Túnel Noel Rosa fazem homenagens nas redes sociais

Rubens Mesquita Pinto Alves foi assassinado após ser baleado quando ia da Tijuca para o trabalho, em Irajá

Por O Dia

Familiares lamentaram morte do empresário
Familiares lamentaram morte do empresário -

Rio - Familiares de Rubens Mesquita Pinto Alves, de 45 anos, assassinado na manhã desta sexta-feira no Túnel Noel Rosa, em Vila Isabel, usaram as redes sociais para homenagear o empresário. Horas depois de o morador da Tijuca ter levado um tiro em uma tentativa de assalto dentro do túnel, vários deles se manifestaram na Internet.

"Mais um homem digno e trabalhador nos deixa, somando-se a estatística dolorosa que assola o Rio de janeiro. Pai de família, marido dedicado, filho amoroso, irmão presente, neto carinhoso, primo engraçado e amigo companheiro, que nos deixa tão precocemente", lamentou uma prima. "Primo, vai com Deus! Que sua luz nos ilumine. Estamos rezando. Vamos seguindo e sobrevivendo por aqui.... é o que nos resta", ela continuou.

Parente escreve depoimento - Reprodução / Internet

O empresário morava na Tijuca e estava a caminho da Ceasa, em Irajá, onde trabalhava. Ele deixa um casal de filhos - uma jovem de 22 anos e um rapaz de 17.

Além das mensagens, vários outros familiares adicionaram à palavra "luto" às fotos de seus perfis no Facebook. 

"Agora, infelizmente só me resta lembrar dos momentos bons em que levei muita porrada dele, por brincadeiras, e era acordada com almofadas e travesseiros, dias no "Pavê e Come", café da manhã à base de brigadeiro de panela, farra no prédio, impacto e muitos outros momentos bons em que vivemos. Deus já te recebeu de braços abertos, meu primo, meu irmãozão de tudo uma vida", lembrou outra prima.

Outra prima se disse 'despedaçada' - Reprodução / Internet

O crime

Rubens foi abordado por bandidos em um carro prata e baleado dentro de seu veículo. Após ser atingido no peito, tendo a bala atravessado seu pescoço, ele saiu correndo, caindo cerca de 20 metros depois. O empresário foi socorrido no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, também na Zona Norte, mas não resistiu aos ferimentos. Os criminosos não levaram nada dele.

Ainda na sexta, o Disque Denúncia divulgou um cartaz pedindo ajuda da população por informações dos autores do crime. Junto com a foto da vítima, vieram os dizeres "Quem matou?".

Uma sobrinha colocou uma foto dela com o tio no perfil - Reprodução / Internet

Galeria de Fotos

Familiares lamentaram morte do empresário Arquivo Pessoal
Outra prima se disse 'despedaçada' Reprodução / Internet
Parente escreve depoimento Reprodução / Internet
Uma sobrinha colocou uma foto dela com o tio no perfil Reprodução / Internet

Últimas de Rio de Janeiro