Falsa advogada é presa em fórum após denúncia da OAB-Queimados

Mulher, identificada como Vick Silva, utilizava carteiras falsas para se passar por advogada, juíza e delegada

Por O Dia

Rio - Após denúncia de funcionários e diretores da OAB/Queimados, a Polícia Civil prendeu, nesta segunda-feira, uma mulher que utilizava carteiras falsas para se passar por advogada, juíza e delegada. Vick Silva foi detida em flagrante, na sala da Ordem localizada no Fórum de Queimados.

Segundo o secretário-geral da subseção, Alexandre Fontes de Oliveira, a falsária já havia comparecido ao local, assinado o livro de presença e fornecido o número de outra colega para utilizar os serviços oferecidos aos advogados. "Ela deu um nome e uma pessoa a chamou por outro, isso gerou desconfiança. Peguei os dados, busquei no cadastro, e, ao entrar em contato com a advogada cuja inscrição havia sido informada, a mesma afirmou nunca ter estado em Queimados. Orientei os funcionários a me avisarem caso ela retornasse", explicou.

Ao ser informado, o delegado titular da 55ª DP (Queimados), Vinicius Domingos, enviou uma equipe ao local para efetuar a prisão. Segundo ele, Vick pode ter feito mais de 50 vítimas e vai responder por falsa identidade e falsificação de documento público. "Ainda existem elementos para enquadramento em exercício ilegal da profissão e até extorsão, uma vez que ela produzia ofícios em nome de uma juíza e mandados de intimação se passando por uma falsa delegada da nossa delegacia. Acreditamos que a intenção era aplicar golpes", disse o delegado.

Domingos pediu, ainda, que pessoas atingidas por Vick Silva compareçam à delegacia para colaborar com as investigações. 

Últimas de Rio de Janeiro