Suspeito de barbárie em Caxias é preso na Paraíba

Homem, 32 anos, é acusado de estuprar, matar e queimar corpo de idosa, 71, em Caxias

Por O Dia

José Roberto Duarte
José Roberto Duarte -

Rio - Um homem identificado pela Polícia Civil do Rio como José Roberto Duarte de Sousa, de 32 anos, foi preso nesta quinta-feira, na zona rural de Lagoa Seca, no Agreste da Paraíba, acusado de estuprar, matar e queimar o corpo de Almira Maria Siqueira de Oliveira, de 71. O crime aconteceu no dia 8 de agosto em Gramacho, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A prisão só foi possível por causa de denúncia anônima feita há cerca de um mês por um morador da cidade paraibana.

Ainda segundo a Polícia Civil do Rio, houve trabalho de integração entre as Delegacias de Homicídios do Rio e da Paraíba. José Roberto, que é paraibano, morava no Rio desde criança. Em depoimento, ainda na Paraíba, o suspeito disse que é inocente e que só fugiu para o Nordeste porque estava com medo de ser morto por familiares da vítima. O suspeito também disse que recebia várias ameaças por telefone e pelas rede sociais.

Segundo a Polícia Militar de Lagoa Seca, a pessoa responsável pela denúncia anônima ficou sabendo do caso através de uma publicação feita no Facebook pela neta da vítima. José Roberto será encaminhado nos próximos dias para o Rio.

Galeria de Fotos

José Roberto Duarte Divulgação
Almira Maria Siqueira de Oliveira Reprodução da internet

Últimas de Rio de Janeiro