Jovem é morto durante operação no Complexo do Alemão

UPP realiza operação no conjunto de favelas nesta segunda-feira

Por O Dia

Policiais da UPP Nova Brasília foram recebidos a tiros na comunidade quando menor foi baleado
Policiais da UPP Nova Brasília foram recebidos a tiros na comunidade quando menor foi baleado -

Rio - Um jovem foi morto a tiros, na manhã desta segunda-feira, durante uma operação da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio. De acordo com uma publicação do "Coletivo Papo Reto" no Facebook, o rapaz estava próximo de casa, na localidade conhecida como "Predinhos da Sem Saída", e a mãe teria presenciado a morte do filho. 

Segundo relatos de moradores, Anderson Cardoso, de 17 anos, estava em cima de uma laje e policiais teriam pedido que ele pulasse. O adolescente teria obedecido e mesmo assim os militares teriam atirado, ainda de acordo com testemunhas.

O comando da UPP Nova Brasília informou que policiais militares em patrulhamento pela comunidade foram recebidos a tiros nessa localidade e houve confronto no local. Após o fim do tiroteio, uma pessoa do sexo masculino foi encontrada ferida e morta.

Anderson Cardoso - Reprodução Internet

"Nas proximidades do corpo havia um artefato explosivo de fabricação caseira", diz a corporação na nota. A Delegacia de Homicídios (DH) da Capital foi acionada para realizar a perícia. 

Intenso tiroteio no Alemão

Moradores relataram um intenso tiroteio nas comunidades do Complexo do Alemão nesta manhã.

De acordo com a Polícia Militar, policiais do Comando de Polícia Pacificadora (UPP) realizam uma operação nos morros do Adeus e da Baiana.

Segundo a UPP, equipes foram recebidas a tiros na comunidade do Adeus e houve confronto. Um suspeito ficou ferido e foi socorrido para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha. Até o momento, não há informações sobre seu estado de saúde.

Uma pistola foi apreendida na ação, que começou por volta das 5h30 e conta com o auxílio de um carro blindado.

Galeria de Fotos

Jovem é morto no Complexo do Alemão Reprodução internet
Policiais da UPP Nova Brasília foram recebidos a tiros na comunidade quando menor foi baleado Estefan Radovicz / Agência O Dia
Anderson Cardoso tinha 17 anos Reprodução Internet

Últimas de Rio de Janeiro