Maré Vermelha.Fenômeno que atinge o mar com a morte de algas, aconteceu nessa manhã na praia de Copacabana                     Estefan Radovicz / Agência O Dia                   CIDADE,RIO,MAR,FENÔMENO,MARÉ
      Byline - Estefan Radovicz / Agê
Maré Vermelha.Fenômeno que atinge o mar com a morte de algas, aconteceu nessa manhã na praia de Copacabana Estefan Radovicz / Agência O Dia CIDADE,RIO,MAR,FENÔMENO,MARÉ BylineEstefan Radovicz / Agê
Por O Dia

Rio - A praia de Copacabana amanheceu avermelhada na altura dos postos 5 e 6 nesta quinta-feira. A causa é a floração algal, um fenômeno comum em épocas quentes. Alguns banhistas podem evitar o banho de mar por medo, mas, segundo o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), não há risco algum para a saúde.

Além da coloração diferente da água, um tapete de algas se formou na beira do mar. O fenômeno, que ocorre todos os anos e é a reprodução das algas, costuma ocorrer no verão, de acordo com o Inea.

A alta temperatura dos últimos dias antecipou a floração das algas nesta primavera. E os especialistas alertam para não confundirem o fenômeno com a maré vermelha, quando as algas são tóxicas. As algas que surgiram em Copacabana não são tóxicas nem causam mal algum.

Você pode gostar