Mais Lidas

Jovem é morta a facadas durante assalto em Itaguaí

De acordo com relatos de testemunhas, mulher teria ficado nervosa na hora de entregar seus pertences pessoais e foi esfaqueada

Por O Dia

De acordo com a PRF, um homem, ainda não identificado, tentou roubar o carro onde Luanna Alves estava
De acordo com a PRF, um homem, ainda não identificado, tentou roubar o carro onde Luanna Alves estava -

Rio - Uma jovem, identificada como Luanna Alves, foi morta durante um assalto neste domingo, em Itaguaí, na Região Metropolitana. De acordo com relatos de testemunhas, a mulher, de 25 anos, teria ficado nervosa na hora de entregar seus pertences pessoais e foi esfaqueada com a filha de sete meses no colo.

Cosme Joaquim de Sá, 40 anos, marido da vítima, conta que a filha de 2 anos, que estava no banco de trás viu toda a ação. "O bandido saiu do mato e ela estava com a nossa menina de 7 meses no colo. Ele atingiu a Luanna no peito. Minha filha estava com o corpo cheio de sangue e achei que ela também estivesse ferida", lembra o motorista.

"Ele levou o celular e uma pastinha nossa com dinheiro. Mais tarde, um homem atendeu o telefone", comenta Cosme. De acordo com o marido de Luanna, a ambulância para o socorro demorou para chegar. "Ela estava respirando ainda, quando desci para pedir ajuda. Voltei ela já estava desfalecendo", lamenta. 

Cosme estava trocando o pneu do carro, quando a mulher foi abordada pelo criminoso. "Só notei, quando ela gritou",  conta. Os pais da jovem passaram mal e foram socorridos na UPA de Ricardo de Albuquerque.  

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um homem, ainda não identificado, tentou roubar o carro onde a vítima estava, por volta das 20h, na Rodovia Rio-Santos (BR-101). A informação foi passada a testemunhas por Luanna, antes de ela falecer. 

Moradora de Mariópolis, em Anchieta, na Zona Norte do Rio, a jovem passeava com família na Costa Verde. Ela deixa marido e duas filhas, de sete meses e dois anos. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga o caso.

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte de Luanna. "Não dá para acreditar", escreveu uma. "Que tristeza", disse mais uma. "Neste momento de dor eu peço orações por minha irmã e meu cunhado", comentou uma tia da jovem. 

Disque Denúncia

O Portal dos Procurados pede que quem tiver qualquer informação sobre a identificação e localização do assassino denuncie pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

De acordo com a PRF, um homem, ainda não identificado, tentou roubar o carro onde Luanna Alves estava Reprodução do Facebook
Horas antes de ser assassinada, Luanna postou imagens do passeio com a família em Coroa Grande Reprodução Facebook
Luanna Alves Reprodução Facebook
Mulher foi morta a facadas no evento Divulgação