Mais Lidas

Miliciano morre durante operação em Inhoaíba

Ação aconteceu neste domingo

Por O Dia

Rio - Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada (DHBF) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) realizaram, na noite deste domingo, em Inhoaíba, Zona Oeste do Rio, uma operação para prender integrantes do grupo paramilitar Liga da Justiça – que é comandada pelo Welington da Silva Braga, o Ecko. Na ação, um dos seguranças de Ecko, identificado como Bruno Silva de Lima, de 23 anos, morreu.

Segundo a Polícia Civil, a operação foi para prender criminosos da milícia que atua nas cidades de Nova Iguaçu, Seropédica e Rio de Janeiro. Ainda segundo a polícia, Bruno Lima, conhecido como BR, tinha quatro anotações criminais por roubo, tráfico e outros; e morreu após confronto com os agentes.

Foram apreendidos cinco veículos, um fuzil, uma pistola Glock, um revólver, coletes balísticos, rádios transmissores, contabilidade de extorsões à moradores e comerciantes e 128 munições calibre 556.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia