Mais Lidas

Intervenção cultural expõe trabalhos de 50 artistas da periferia

Chamada de Interferência19, mostra contará com atividades gratuitas da Zona Sul à Norte. Ações começam nesta quarta-feira e vão até domingo

Por O Dia

Mostra 111+ retrata chacina em que cinco jovens de Costa Barros foram mortos com, ao menos, 111 disparos de arma de fogo
Mostra 111+ retrata chacina em que cinco jovens de Costa Barros foram mortos com, ao menos, 111 disparos de arma de fogo -

Rio - Uma mostra promovida pelo Oi Kabum!, laboratório de cultura digital, vai apresentar 15 trabalhos de 50 artistas da periferia em espaços por toda a cidade. Chamada de Interferências19, a mostra terá apresentações de dança, shows, grafite, cinema, entre outros. As ações começam, nesta quarta-feira, e vão até o próximo domingo.

Destaque da mostra, a obra "111+" retrata com imagens e performances de dança a execução de cinco jovens com 111 tiros em um carro em Costa Barros, na Zona Norte do Rio. Toda a encenação tem como pano de fundo o som de versos de rap e depoimentos reais e encenados de familiares das vítimas. A apresentação acontecerá nesta quinta-feira, das 20h às 23h, no Buraco do Lume, Centro. Na sexta-feira, a mostra acontece no Largo do Machado, a partir das 20h.

Paralelamente, o espaço Lab Oi Futuro, no Flamengo, promoverá o evento Intervenções Urbanas: Arte e Tecnologia, com debates sobre os trabalhos e os principais temas que envolvem as manifestações culturais das periferias. Os artistas de Interferências19 se reunirão com especialistas convidados, como Liana Brazil, diretora do Estúdio SuperUber, referência internacional de instalações interativas de arte e tecnologia, Luiz Antonio Simas, escritor, historiador e estudioso de intervenções culturais urbanas, Ivaldo Correia, artista, performer, ator e um dos participantes do Lab.IU.

Na cabine de Cine Ciné, que será montada no Arpoador e Largo do Machado, público e artistas se alternam nas posições de ator, narrador e espectador, numa experiência de cinema interativo com captações em tempo real.

A pluralidade das dores e potências do universo feminino inspira Artemisia Vulgaris, que vai estampar pelas ruas ilustrações, lambes, fotografias e documentário em vídeo como fruto das experimentações conduzidas por 13 artistas, e convida outras mulheres a participar do processo.

O Desurbanis retrata personagens 'invisíveis' no cotidiano da cidade pelo olhar de três artistas gráficos em interferências mútuas - Gabriel Savary

Em Desurbanis, personagens “invisíveis” no cotidiano da cidade ganham diferentes versões pelo olhar inventivo de três artistas gráficos em interferências mútuas. A instalação exibe camadas de fotografias sob sons de palavras ritualísticas para promover uma imersão no sincretismo religioso carioca, valorizando as semelhanças simbólicas entre as diferentes crenças, e não suas diferenças.

“O Rio de Janeiro e a arte brasileira, quando acolhem as novas criações desses artistas da juventude popular, têm muito a ganhar em diversidade e inovação. As intervenções artísticas dos participantes do Lab.IU (laboratório criativo do Oi Kabum! Lab) introduzem pontos de vista muito interessantes e originais. Elas surpreendem não só pela forma como trabalham seus temas, mas também pelas maneiras inusitadas em que buscam integrar suas linguagens”, diz Fernando Mozart, um dos coordenadores do Oi Kabum! Lab.

Serviço - 23 a 27 de janeiro (quarta a domingo)

Sexta-feira (25/01) Intervenções Urbanas: Arte e Tecnologia

Artemisia Vulgaris, Tech Eté, Corpo Estranho, Serpente Listrada, Desurbanis com a Ilustração Machado de Assis e Tansluz - Largo do Machado, a partir das 16h

Cine Ciné, Iroko, VMLH, Kura Urbana, 111+, Língua de Fogo, REbit e Caixa Preta - Largo do Machado, a partir das 20h.

Debate com artistas e convidados - Lab Oi Futuro, que fica na R. Dois de Dezembro 107, 5º andar, Flamengo, das 17h às 18h30

Sábado (26/01)

Desurbanis (Ilustração morador) - Viaduto da Estação, em Realengo, das 10h às 18h.

Corpo Estranho - Em frente a Igreja da Candelária, no Centro, a partir das 15h.

Artemisia Vulgaris - Buraco do Lume, no Centro, a partir das 16h.

Iroko - Parque de Madureira, em Madureira, a partir das 20h.

Cine Ciné e Corpo Estranho - Arpoador, das 18h às 22h.

Domingo (27/01)

Desurbanis com Mc Magalhães - Rua São Januário, Fonseca, em Niterói, das 10h às 18h.

Caixa Preta - Rocinha — ao lado do baile de Moscow —, das 18h às 22h.

Língua de Fogo - Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, a partir das 18h.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Mostra 111+ retrata chacina em que cinco jovens de Costa Barros foram mortos com, ao menos, 111 disparos de arma de fogo Divulgação
O Transluz exibe camadas de fotografias sob sons de palavras ritualísticas para promover uma imersão no sincretismo religioso carioca Divulgação
O Desurbanis retrata personagens 'invisíveis' no cotidiano da cidade pelo olhar de três artistas gráficos em interferências mútuas Divulgação

Comentários