Bandidos fazem arrastão e levam carros no Rio Comprido

Eram cerca de oito criminosos, que roubaram pelo menos três veículos, além de pertences das vítimas

Por Raimundo Aquino

Caso aconteceu na Rua Barão de Itapagipe
Caso aconteceu na Rua Barão de Itapagipe -

Rio - Pelo menos três carros foram roubados por cerca de oito bandidos, no fim da madrugada desta sexta-feira, durante um arrastão na Rua Barão de Itapagipe, na altura do Rio Comprido, na região central da cidade. O crime aconteceu pouco antes das 6h, no trecho entre as ruas Professor Gabizo e Engenheiro Adel. Os criminosos estavam fortemente armados e, além dos veículos, levaram os pertences pessoais dos ocupantes.

O produtor cultural David Motta, de 43 anos, estava a poucos metros de casa, dentro de um carro de motorista de aplicativo quando foi alvo dos bandidos. "Eu estava conversando com o motorista e de repente vimos um cara na nossa frente, no meio da pista, mandando parar o carro", relembra ele, que estava vindo de Botafogo, na Zona Sul. "Achei que fosse acidente e alguém pedindo ajuda".

David conta que na hora o motorista avisou que se tratava de um assalto e pediu para ele sair do carro. Só que o produtor não conseguia destravar a tranca de uma das portas traseiras do veículo. "O motorista falou para o bandido 'só um minuto que eu vou destravar a tranca'".

Aliança e pulseira salvas

Quando conseguiu sair do automóvel, David se encostou em um muro próximo com as mãos para cima. Ele ouviu os bandidos pedirem pertences pessoais das vítimas, como alianças, celulares e carteiras. "Por sorte não estava com minha aliança de ouro branco e uma pulseira com fecho de ouro que uso sempre", o produtor se diz aliviado.

David conta que ficou olhando para o "nada" para evitar que os bandidos percebessem que ele estaria tentando reconhecê-los. "Nem tocaram em mim. Só ficaram com as armas apontadas e pedindo os pertences das pessoas. Se eles viessem na minha bolsa, iriam levar tudo".

Sem conseguir dormir

Após o roubo, o produtor foi com algumas outras vítimas, incluindo o motorista que estava no carro com ele, registrar o crime na 18ª DP (Praça da Bandeira). Depois, já em casa, ficou com a experiência nada agradável na cabeça, não conseguindo dormir.

"Me senti vulnerável à violência. Sou empresário, pago os meus impostos e não tem que o fazer, nem eu, nem ninguém. Já deixei de andar de transporte público e nada disso funciona", David lamenta.

Veículo recuperado

Procurada pelo DIA, a PM informou que agentes do batalhão da região, 4º BPM (São Cristóvão), conseguiram recuperar um dos carros roubados. Os policiais foram acionados por uma das vítimas quando realizavam patrulhamento na região.

Os militares fizeram buscas e conseguiram localizar um dos bandidos dentro do veículo. Ele foi preso e, além do automóvel, os pertences da vítima também foram recuperados. O assaltante foi levado para a Central de Garantias Norte (CG-Norte), na Cidade da Polícia, no Jacaré.

Comentários