Prefeitura suspende aulas das escolas nesta quarta por causa de novo temporal

Marcelo Crivella também vai pedir que a Ferj adie o jogo entre Vasco e Resende pela semifinal da Taça Guanabara

Por Raimundo Aquino

Medidas foram anunciadas em coletiva de imprensa realizada no COR
Medidas foram anunciadas em coletiva de imprensa realizada no COR -

Rio - A prefeitura anunciou, na manhã desta terça-feira, uma série de medidas para tentar minimizar os impactos do novo temporal que está previsto para atingir a cidade a partir desta quarta. Uma das medidas anunciadas foi a suspensão das aulas na rede municipal de ensino. Inicialmente, a prefeitura pediu a suspensão a partir do 12h mas, às 18h20, o município declarou que não haverá expediente. 

"Gostaria de estender esse pedido à rede privada. Se puderem evitar aula amanhã no período da tarde, seria muito bom", pediu o prefeito Marcelo Crivella, em coletiva de imprensa realizada no Centro de Operações (COR), que contou com a presença de diversos secretários, pela manhã.

Por causa de uma frente fria que chega ao estado ainda hoje, o Alerta Rio prevê fortes chuvas no Rio a partir desta quarta. Haverá aumento da nebulosidade ao longo do dia com pancadas de chuva de forte a muito forte, acompanhadas de rajadas de vento forte e raios, a qualquer hora do dia, sendo mais intensas a partir da tarde.

"Amanhã nós temos mais um evento que nos inspira muito cuidado. As chuvas devem começar hoje à noite de maneira leve e amanhã, à tarde e a noite, deveremos ter chuva no volume que tivemos da outra vez", o prefeito cita o temporal da semana passada, quando sete pessoas morreram em diferentes pontos da cidade por causa das consequências da chuva.

JOGO

A prefeitura avisou também que vai pedir para a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) adiar o jogo entre Vasco e Resende pela semifinal da Taça Guanabara, marcado para às 21h30, no Maracanã. A partida estava marcada para o último fim de semana, mas foi adiada após o incêndio no Ninho do Urubu.

Em comunicado divulgado em seu perfil no Twitter, a Ferj disse que "não recebeu nenhum comunicado oficial da Prefeitura do Rio de Janeiro e, portanto, o jogo @VascodaGama x Resende, nesta quarta, às 21h30, no Maracanã, pela semifinal da Taça Guanabara, está mantido".

INTERDIÇÕES

Algumas importantes vias da cidade também poderão ser fechadas dependendo da intensidade da chuva. Além da Avenida Niemeyer, que liga São Conrado ao Leblon e que já está interditada desde a noite da última quinta-feira, a Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá e o Alto da Boa Vista também estão na mira da prefeitura.

"Haverá, se necessário, o fechamento de três vias da cidade. Uma delas já está fechada, que é a Avenida Niemeyer. Outras duas poderão ser fechadas caso o índice pluviométrico chegue em um ponto que a GEO-Rio nos aconselhou", detalhou o secretário da Casa Civil, Paulo Messina, avisando que a Grajaú-Jacarepaguá será interditada se a região atingir 45mm de chuva em uma hora e o Alto da Boa Vista 60mm, também em uma hora.

Prefeito anunciou medidas durante coletiva na manhã desta terça - Edvaldo Reis / Prefeitura do Rio.

SIRENES

O protocolo para atendimento das sirenes nas comunidades foi alterado. Até então, os alertas soavam quando as regiões que monitoram atingem 55mm em uma hora. O índice foi rebaixado para 45mm, em igual período.

"Estaremos adotando índices mais conservadores. Se atingir 45mm, as sirenes já serão acionadas", destacou Paulo Messina.

SAÚDE

A secretária de Saúde, Beatriz Busch, avisou que as unidades municipais vão reforçar seus estoques de diesel para que geradores sejam acionados em caso de necessidade. A pasta também vai orientar que a rede particular e outras esferas da rede pública também façam o mesmo.

"As unidades estão preparadas. Já houve o reforço na questão logística de óleo diesel para geradores. As equipes estão completas. Estamos falando de mais de de 3 mil leitos hospitalares, quase 400 na ponta da emergência", frisou a secretária.

GABINETE DE CRISE

A prefeitura ainda informou que representantes da Light e da RioLuz vão estar reunidos no Centro de Operações para atuarem juntos com agentes do município nas emergências que surgirem.

"Vamos fazer o gabinete de crise sob o comando do prefeito tão logo haja necessidade. Se a chuva de fato apertar como se está esperando isso vai ser instalado aqui no COR", avisou o secretário Paulo Messina.

Galeria de Fotos

Medidas foram anunciadas em coletiva de imprensa realizada no COR Divulgação / Prefeitura do Rio
Prefeito anunciou medidas durante coletiva na manhã desta terça Edvaldo Reis / Prefeitura do Rio.

Comentários