Camarotes da Sapucaí tiveram carne estragada e até saídas de emergência trancadas

Fiscalização do Procon Carioca ao longo dos cinco dias de desfiles no Carnaval notificou sete camarotes

Por O Dia

Alimentos foram descartados
Alimentos foram descartados -

Rio - Ao longos das cinco noite dos desfiles do Carnaval carioca na Marquês de Sapucaí, seis camarotes foram notificados pelo Procon Carioca por causa de irregularidades, em 165 fiscalizações. Neste fim de semana, durante o Desfile das Campeãs, no sábado, os agentes encontraram saídas de emergência trancadas com cadeados e lacres e 6kg de alimentos impróprios para consumo no camarote Rio Praia.

Dentre os alimentos impróprios, havia alguns com data de validade vencida e outros sem a identificação da data de validade, com mau odor e má aparência. Ainda no Rio Praia, não foram encontradas sinalização dos extintores de incêndio, placa com a capacidade de lotação e alvará para funcionamento.

Saída de emergência trancada com cadeado - Divulgação / Procon Carioca

Na segunda, durante o segundo dia dos desfiles do Grupo Especial, quatro camarotes e uma lanchonete foram notificados. No camarote Bradesco foram descartados cinco quilos de peixe impróprios para consumo, sem identificação das datas de manipulação e validade. Também não havia sinalização da saída de emergência nem alvará para funcionar.

Na lanchonete Bob's, mais de 40 cachorros-quentes sem a data de fabricação e validade tiveram que ser descartados. Foi constatada a falta de alvará e da exposição de preços dos produtos.

O camarote King foi notificado por ter a saída de emergência trancada com cadeado e vetor de contaminação na área da cozinha. Faltava ainda sinalização dos extintores de incêndio.

No camarote Lounge Carioca, a notificação foi pela ausência de extintores de incêndio e do alvará. O camarote Up recebeu notificação por falta de certificado do Corpo de Bombeiros e do alvará.

Extintor de incêndio sem a identificação de localização - Divulgação / Procon Carioca

No domingo, primeiro dia do Grupo Especial, o Procon Carioca notificou o camarote Vivanti, onde foram descartados 10 kg de carnes impróprias para consumo, que estavam sem as datas de manipulação e validade. Também faltava informação sobre a saída de emergência e lotação máxima.

Alimentos foram descartados - Divulgação / Procon Carioca
Saídas lacradas - Divulgação / Procon Carioca

Galeria de Fotos

Alimentos foram descartados Divulgação / Procon Carioca
Saídas lacradas Divulgação / Procon Carioca
Extintor de incêndio sem a identificação de localização Divulgação / Procon Carioca
Alimentos foram descartados Divulgação / Procon Carioca
Saída de emergência trancada com cadeado Divulgação / Procon Carioca

Comentários