Um homem morre e outro fica ferido após furarem bloqueio do Exército na Vila Militar

De acordo com o Comando Militar do Leste, quatro suspeitos em carros desobedeceram 'sucessivas ordens de parar, lançaram os veículos contra as sentinelas, que reagiram à injusta agressão'. Perícia foi realizada e Inquérito Policial Militar investiga o caso

Por O Dia

Suspeitos em carros furaram bloqueio do Exército na Vila Militar, foram baleados e um acabou morto
Suspeitos em carros furaram bloqueio do Exército na Vila Militar, foram baleados e um acabou morto -

Rio - Um homem morreu e outro foi baleado, na madrugada desta sexta-feira, após furarem um posto de bloqueio e controle do Exército na Estrada São Pedro de Alcântara, em Realengo, na Zona Oeste da cidade. De acordo com o Comando Militar do Leste (CML), eram quatro suspeitos em dois carros, que não obedeceram ordem de parar e jogaram os veículos para cima dos militares, que atiraram. 

"Após desobedecerem sucessivas ordens de parar, lançaram os veículos contra as sentinelas, que reagiram à injusta agressão", disse o CML. Os dois baleados foram socorridos em hospitais da região, mas um deles não resistiu e morreu. A outra dupla conseguiu fugir.

A Polícia do Exército compareceu ao local do crime e realizou uma perícia. Um Inquérito Policial Militar (IPM) será instaurado nesta sexta-feira e vai para apurar todas as circunstâncias do caso.

Comentários