Bombeiros buscam desde a madrugada por desaparecido no Morro da Babilônia

Homem identificado apenas como Gilson foi um dos atingidos pelo deslizamento na comunidade do Leme

Por Antonio Augusto Puga

Bombeiros usam cães farejadores no Morro da Babilônia
Bombeiros usam cães farejadores no Morro da Babilônia -

Rio - As buscas pelo desaparecido no Morro da Babilônia no temporal que atingiu a cidade na última noite começaram ainda de madrugada. O homem, identificado apenas como Gilson, morava perto das duas irmãs que morreram após um deslizamento na comunidade do Leme, na Zona Sul do Rio. O Corpo de Bombeiro informou que foi acionado para o socorro dos três por volta das 23h20, ainda na segunda.

O local do deslizamento fica em uma parte alta do Morro da Babilônia. Gilson morava ao lado das casas das duas irmãs, Doralice e Gerlaine do Nascimento, de 55 e 53 anos, respectivamente.

Agentes do quartel de Copacabana foram para o local assim que a corporação foi chamada. No fim da manhã desta terça, cães farejadores chegaram à região para ajudar nas buscas. Ainda não há informações se o homem ainda está vivo.

Agentes foram chamados no fim da noite desta terça - Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

Galeria de Fotos

Bombeiros usam cães farejadores no Morro da Babilônia Daniel Castelo Branco / Agência O Dia
Agentes foram chamados no fim da noite desta terça Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

Comentários