Mais Lidas

Jovem é baleada na cabeça em Niterói

Perseguição policial termina com dois suspeitos mortos e um ferido. Idosa é atingida por bala perdida

Por Antonio Augusto Puga e Adriano Araújo

Policiais perseguiram criminosos por cerca de oito quilômetros
Policiais perseguiram criminosos por cerca de oito quilômetros -

Uma jovem de 21 anos foi atingida na cabeça por bala perdida durante perseguição policial, ontem pela manhã, em Niterói. Ela está internada em estado grave. Dois suspeitos foram mortos e um ficou ferido. Segundo a Polícia Militar, policiais do 12º BPM perseguiram os criminosos por cerca de oito quilômetros, de São Francisco até o bairro Viçoso Jardim. Uma senhora foi baleada na perna.

Conforme a PM, a ação dos bandidos começou com o roubo do carro de um casal, um Fox preto, no Fonseca. Eles foram rendidos por dois criminosos em uma moto. "Estava saindo com meu marido. Um deles apontou a arma e mandou sair e deixar tudo que tinha de valor", contou ela, que não quis se identificar.

Ainda segundo a polícia, outro motorista, que vinha logo atrás, também foi roubado. Ele teve pertences e documentos levados pela dupla. Após o roubo, os dois criminosos seguiram para São Francisco e iniciaram um arrastão, junto com um comparsa. PMs do 12º BPM (Niterói) foram chamados e iniciaram cerco.

Em fuga, houve o primeiro confronto com a polícia, na Alameda São Boaventura. No tiroteio, Luana Barbosa de Vasconcelos foi atingida na cabeça e uma idosa na perna. Elas foram levadas para o Hospital Azevedo Lima. A jovem está em estado grave. A senhora foi medicada e recebeu alta.

Na Rua Desembargador Lima Castro, nova troca de tiros terminou com bandido morto. Os outros dois roubaram um Fox vermelho. Na fuga, foram interceptados por policiais e houve novo tiroteio, que terminou com um assaltante morto e outro baleado.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários