Muzema: Parentes aguardam identificação de corpos no IML

Familiares têm receio que falta de documentos atrapalhem o processo burocrático de liberação dos corpos

Por RENAN SCHUINDT

Rio de Janeiro, 14 de abril, Centro. Rosa Nascimento, mae  de Raimundo Nonato vitima do desabamento em Muzema tenta liberaracao do IML do centro do RIo. Foto Marcio Mercante / Agencia O Dia.
Rio de Janeiro, 14 de abril, Centro. Rosa Nascimento, mae de Raimundo Nonato vitima do desabamento em Muzema tenta liberaracao do IML do centro do RIo. Foto Marcio Mercante / Agencia O Dia. -

Familiares e amigos aguardam no Instituto Médico Legal a identificação dos corpos retirados do destroços dos prédios que desabaram nesta sexta-feira, no condomínio Figueiras do Itanhangá, na comunidade da Muzema. Segundo eles, a dificuldade em reunir documentos dos desaparecidos tem dificultado o processo de identificação e liberação dos corpos.

Rosiane Pereira da Silva é amiga de Zenilda Bispo de Amorim. Ela e o filho, Juan Amorim Rodrigues, de 10 anos, estão entre os desaparecidos. Como mãe e filho não têm parentes no Rio, coube à colega de trabalho a tarefa de reconhecer os corpos. Rosiene está no IML à procura de informações.

"O ex-marido dela e o filho mais velho estão vindo da Bahia. Eles mandaram cópias de documentos via internet, o que ajudou com a parte burocrática. Já o pai do Juan, está no hospital onde o menino nasceu para tentar a segunda via da certidão de nascimento. Pedimos tenham consciência neste momento e busquem formas de agilizar o processo. Os documentos originais dessas pessoas estão debaixo de concreto", desabafou.

Rio de Janeiro, 14 de abril, Centro. Rosiane amiga de Zenilda mae de Juan vitimas tenta liberaracao do IML do centro do RIo. Foto Marcio Mercante / Agencia O Dia. - Marcio Mercante / Agencia O Dia

Segundo Rosiane, Zenilda e o filho moravam há cerca de 2 anos em um dos prédios que desabou e ainda estava pagando as parcelas do imóvel.

Já Ruan Carlos Neves Barroso aguarda pela liberação dos corpos do cunhado, Raimundo Nonato Nascimento, e do sobrinho, Pedro Lucas, de 8 anos. A irmã, Paloma Paes Leme, está internada no Hospital Miguel Couto, assim como o filho mais novo, Rafael, de 4 anos. O drama da família também se concentra nas buscas por outros dois desaparecidos: Lauana, de 16 anos e Isaque, de 14. Os dois são filhos de Paloma.

"Eles estavam muito felizes, pois tinham acabado de se mudar", disse Ruan.

A mãe de Raimundo também esteve no IML. Emocionada, Rosa Bezerra do Nascimento disse que não chegou a visitar o apartamento da família, mas que o filho estava satisfeito por ter saído do aluguel. "Ele me ligou e disse que tinha comprado o imóvel. Não cheguei a visitar, mas ele tinha realizado o sonho da casa própria. Não quero acusar ninguém, só quero enterrar meu filho. As autoridades que punam os culpados", disse.

Segundo a Polícia Civil, os corpos sem documentos de identificação são identificados por papiloscopistas do Instituto Félix Pacheco e liberado em seguida. No entanto, prossegue a nota da Polícia Civil, uma das vitimas não possui identificação no Rio de Janeiro. O órgão aguarda a identificação pelo IFP do estado do Maranhão.

 

Galeria de Fotos

Rio de Janeiro, 14 de abril, Centro. Rosa Nascimento, mae de Raimundo Nonato vitima do desabamento em Muzema tenta liberaracao do IML do centro do RIo. Foto Marcio Mercante / Agencia O Dia. Marcio Mercante / Agencia O Dia
Rio de Janeiro, 14 de abril, Centro. Rosiane amiga de Zenilda mae de Juan vitimas tenta liberaracao do IML do centro do RIo. Foto Marcio Mercante / Agencia O Dia. Marcio Mercante / Agencia O Dia

Comentários