Operação prende 43 na Cidade de Deus

Ação das especializadas da Civil com enfoque na apreensão de menores infratores demandou um ano de investigação para ser deflagrada

Por Felipe Rebouças*

Todo material apreendido na operação da manhã desta terça-feira, na Cidade de Deus
Todo material apreendido na operação da manhã desta terça-feira, na Cidade de Deus -

Policiais de todas as delegacias especializadas do Rio prenderam ontem, em flagrante, na Cidade de Deus, na Zona Oeste, 43 pessoas, entre elas adolescentes infratores e adultos suspeitos de cooptação de menores. A megaoperação foi comandada pelo Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE) e contou com a participação de 220 agentes.

Segundo a Polícia Civil, a operação começou por volta de 5h30 e houve troca de tiros. Dois suspeitos em uma moto teriam ficado feridos. Além dos 43 detidos, os agentes apreenderam também um fuzil, quatro pistolas, uma granada, uma mira telescópica para fuzil, munição e drogas.

De acordo com a delegada Natacha Oliveira, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DCPA), a investigação começou com a apreensão de um menor de idade por roubo de celular, no ano passado. "É o resultado de um ano de trabalho que envolveu uma série de medidas cautelares, como monitoramento de fontes abertas, ligações telefônicas e suspeitos", esclareceu. 

Segundo a delegada, a cooptação de menores ocorre por pagamento de salário mensal ou semanal e pela oferta de drogas em troca do serviço prestado aos criminosos que comandam a região. "Eles (os menores) atuam na boca, se viciam e acabam ficando. Esse critério não integrou a investigação até porque é a realidade que vemos na maioria dos casos", afirmou a delegada.

Comentários