Muzema: Bombeiros resgatam mais quatro corpos e número de mortos sobre para 20

Corporação trabalha com a possibilidade de quatro quatro desaparecidos

Por O Dia

Rio de Janeiro - RJ  - 17/04/2019  - Desabamento - Buscas por vitimas entram pelo sexto dia na comunidade da Muzema, zona oeste do Rio - na foto, situação da região próximo ao desabamento  Foto Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Rio de Janeiro - RJ - 17/04/2019 - Desabamento - Buscas por vitimas entram pelo sexto dia na comunidade da Muzema, zona oeste do Rio - na foto, situação da região próximo ao desabamento Foto Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia -

Rio - O Corpo de Bombeiros retirou mais quatro corpos nesta quarta-feira, dos escombros dos prédios que desabaram na Muzema, em Itanhangá, na Zona Oeste do Rio, elevando para 20 o número de mortos. Cinco pessoas ainda são procuradas na região pelos militares. A corporação trabalha com a possibilidade de quatro desaparecidos.

Hoje é o sexto dia de buscas no Condomínio Figueira do Itanhangá, onde os dois prédios desabaram na sexta-feira. Por volta das 14h desta quarta-feira, dois corpos foram retirados do local. De acordo com os Bombeiros, eram corpos de um homem e de uma mulher. 

Como O DIA antecipou, o corpo da pequena Ana Júlia Martins Souza Campos, de 6 anos, foi resgatado dos escombros no meio da manhã de terça-feira. No entanto, por causa da dificuldade de acesso ao local onde elas estavam, o corpo da mãe da menor, Juliana Martins Souza Vicente, 28 anos, não foi resgatado.

De acordo com a tia de Ana Júlia, Priscilla Souza, 35, Juliana e a filha moravam na Rocinha antes de se mudarem para a Muzema. No dia do desabamento, as duas estavam se arrumando para Juliana levar a menor para a escola. Elas eram moradoras do prédio branco, o mais à esquerda dentre os que caíram.

 

Comentários