Mais Lidas

Durante processo de impeachment, Crivella libera R$ 8 milhões para redutos de aliados

Publicação no Diário Oficial desta semana mostra que prefeito autorizou licitações para dez antigas obras reivindicadas por vereadores. Oito delas são destinadas à revitalização de praças no subúrbio

Por MARIA LUISA MELO

Praça das Ameixeiras, em Guadalupe, reduto de Zico Bacana
Praça das Ameixeiras, em Guadalupe, reduto de Zico Bacana -

Rio - Ao mesmo tempo que tenta reestruturar sua base aliada para se livrar do processo de cassação que corre na Câmara Municipal, o prefeito Marcelo Crivella (PRB) autorizou a liberação de cerca de R$ 8 milhões, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação, para atender antigas demandas de vereadores. Trata-se de recursos para realização de dez obras - sendo oito delas reformas de praças nas zonas Norte e Oeste.

Parada há dois anos, a complementação das obras do programa Bairro Maravilha, nas comunidades Alhambra e Fernão Magalhães I e II, em Campo Grande, na Zona Oeste, foi uma das agraciadas, com o maior aporte: R$ 5,10 milhões. A região é reduto eleitoral do vereador Junior da Lucinha (PMDB), que não pertencia à base de Crivella até o início do ano. A conclusão das obras já era cobrada desde o início da gestão atual. Mas, só agora, desemperrou.

Junior foi um dos vereadores que votou contra o aumento do IPTU no fim de 2017, contrariando os interesses de Crivella. No ano passado, integrou o grupo que fez o projeto de lei que pedia a devolução dos valores cobrados a mais pela prefeitura. Ao se aproximar do prefeito em abril deste ano, no entanto, pediu que seu nome fosse retirado do projeto.

Junior da Lucinha confirmou a audiência para a próxima quarta-feira - divulgação/CMRJ

Uma busca mais atenta ao Diário Oficial revela que a licitação para as obras de drenagem e pavimentação do Bairro Maravilha só aconteceu no dia 15 de abril. Ou seja, duas semanas após a denúncia contra Crivella chegar à Câmara.

Outro vereador que também só foi atendido após abertura do processo de impeachment foi Zico Bacana (PHS). Um de seus principais redutos eleitorais, a Praça das Ameixeiras, em Guadalupe, na Zona Norte da cidade, receberá R$ 252.327 para ser revitalizada.

Segundo consta no site da Câmara, a reforma da praça já havia sido pedida por Zico desde julho de 2017. O vereador também foi um dos que votou a favor da abertura do processo de impeachment, mas foi agraciado depois de reunião com o prefeito.

A praça que receberá maior montante para sua revitalização é a do Ponto Chique, em Cordovil. O investimento será de R$ 466 mil. Na Zona Norte, há ainda obras previstas para Pavuna (R$ 272 mil) e Vigário Geral (R$127 mil), além de obras de urbanização autorizadas na Comunidade Vila São Jorge, no Colégio, cujo valor ainda não foi informado.

Zico Bacana (PHS) foi um dos vereadores que teve pedido atendido após abertura do processo do impeachment - Daniel Castelo Branco

Vereadores da oposição apontam que parte dessas obras seriam para atender o vereador Jair da Mendes Gomes (PMN), fiel escudeiro de Crivella. Durante sessão em plenário, no último dia 2, ele foi um dos que defendeu a não abertura do processo de impeachment contra o prefeito.

Sua assessoria admite que os bairros de Pavuna e Colégio integram sua área de atuação. Mas nega influência em Cordovil e Vigário Geral. O vereador negou que tenha sido "atendido em qualquer grande obra da Prefeitura".

Há ainda obras previstas no Jardim América (R$ 194 mil), área de atuação da vereadora Vera Lins (PP). Seu partido fez acordo recente com Crivella. Em troca de apoio, recebeu duas secretarias municipais que haviam sido extintas - a de Turismo e a de Meio Ambiente.

Procurado, o prefeito Marcelo Crivella não se manifestou sobre o assunto.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Praça das Ameixeiras, em Guadalupe, reduto de Zico Bacana Alexandre Brum / Agência O DIA
Vereador Zico Bacana, que é policial, chegou a ser indiciado na CPI das Milícias, em 2008 Daniel Castelo Branco
Junior da Lucinha confirmou a audiência para a próxima quarta-feira divulgação/CMRJ

Comentários