Com pancadas de chuva na cidade, Rio entra em estágio de atenção

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o vento chegou a mais de 100 km/h na estação do Forte de Copacabana

Por O Dia

Teto de posto de gasolina caiu com as rajadas de vento em Itaguaí, Região Metropolitana do Rio
Teto de posto de gasolina caiu com as rajadas de vento em Itaguaí, Região Metropolitana do Rio -

Rio - O avanço de uma frente fria causou chiva e vento forte na noite deste domingo no Rio. Às 20h25, a cidade entrou em estágio de atenção após uma mudança de tempo brusca. Barra e Jacarepaguá foram os bairros mais atingidos pela ventania na Zona Oeste. Houve falta de energia elétrica em trechos da Avenida das Américas. Também faltou luz no Engenho de Dentro, Méier e Vila Isabel, na Zona Norte.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o vento chegou a mais de 100 km/h na estação do Forte de Copacabana. No Rio 2C, evento de inovação na Cidade das Artes, no Recreio, o vendaval derrubou placas, grades e interrompeu palestras. Há, ainda, relatos de quedas de árvores em Ipanema, Laranjeiras e Humaitá, na Zona Sul. O mesmo tipo de situação aconteceu na Lapa, em Madureira e na Tijuca.

Uma árvore atingiu a rede de energia elétrica, deixando o Batalhão de Choque e a 6ª DP (Cidade Nova) sem luz.

Buraco do Padre, no Engenho Novo, na Zona Norte do Rio - Reprodução/ Twitter

O Estágio de Atenção é o segundo nível em uma escala de três e significa a possibilidade de chuva moderada, ocasionalmente forte, nas próximas horas.

A estrada Grajaú-Jacarepaguá está interditada, nos dois sentidos, devido a queda de árvore na altura do Complexo do Lins, na Zona Norte. A opção para os motorista é seguir pela Linha Amarela. 

A Avenida Niemeyer, em São Conrado, foi interditada no sentido Leblon, de forma preventiva, por volta das 21h. Alternativa é Lagoa-Barra.

A linha 2 do metrô chegou a ser interrompida entre Inhaúma e Del Castilho por causa da queda de galhos de árvores, mas já foi restabelecida. Os intervalos em toda a linha ainda estão irregulares.

Queda de árvore na Avenida Marquês de Pombal, no Centro - Reprodução

No Maracanã, o jogo Fluminense e Goiás chegou a ser interrompido por queda de energia. Próximo ao estádio, no Shopping Tijuca, uma sessão do filme 'Vingadores:Ultimato' também foi suspensa por duas vezes pelo mesmo motivo.  

O Terminal Jardim Oceânico do BRT, na Zona Oeste do Rio, também ficou sem luz.

Ponte Rio-Niterói ficou fechada por seis minutos - Reprodução

A Ponte Rio-Niterói ficou fechada durante seis minutos. 

Uma moradora do bairro de Centenário, em Duque de Caxias, Região Metropolitana do Rio, compartilhou um vídeo em que se pode ouvir o barulho do vento e do temporal. Confira:

A prefeitura recomenda que a população tome as seguintes ações preventivas:

- Permaneça ou procure um local seguro. Evite áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos;

- Todos os cidadãos devem se cadastrar no serviço de alertas da Defesa Civil via SMS. Basta enviar o CEP de casa para o nº 40199, por mensagem de texto. É gratuito;

- Verifique se há sinais de rachaduras em sua residência. Ao perceber trincas ou abalo na estrutura, acione a Defesa Civil pelo número 199 e evite ficar em casa;

- Moradores de áreas de risco precisam ficar atentos aos alertas sonoros. O acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. As pessoas devem se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199;

- Redobre atenção ao dirigir. Em caso de chuva, as pistas ficam escorregadias e podem conter bolsões d’água. Mantenha os faróis acesos;

- Em casos de ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, evite ficar próximo a árvores ou em áreas descampadas;

- Evite colocar o lixo nos pontos de coleta. A água da chuva pode levar o lixo a entupir bueiros e galerias;

- Se necessário, use os telefones de emergência 193 (Corpo de Bombeiros), 199 (Defesa Civil) ou 1746 (Central de Atendimento da Prefeitura).Após um dia de temperaturas altas, o sistema Alerta Rio, responsável pela previsão do tempo para a cidade do Rio de Janeiro, informa que está mantida a previsão de pancadas de chuva com intensidade moderada a forte, com raios e rajadas de vento na noite deste domingo por causa da aproximação de uma frente fria.

Na segunda, também há previsão de chuva moderada, mas ela pode ser forte em pontos isolados e de forma rápida, principalmente no início do dia. Os ventos estarão de moderados a fortes.

Na terça-feira, o transporte de umidade do oceano para o continente mantém o tempo instável. O céu vai ficar nublado e deve chover de fraco a moderado, em pontos isolados, de madrugada e de manhã.

Para o feriado de 1º de maio, na quarta, há previsão de chuva fraca ou moderada isolada, a partir da noite, enquanto na quinta, o céu fica nublado, com previsão de chuva fraca, isolada, em qualquer horário dia.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Teto de posto de gasolina caiu com as rajadas de vento em Itaguaí, Região Metropolitana do Rio Reprodução
Queda de árvore interrompeu o trânsito na Tijuca, na Zona Norte Reprodução/ Facebook
Buraco do Padre foi tomado pela água, no bairro Engenho Novo Reprodução/ Twitter
Queda de árvore na Avenida Marquês de Pombal, no Centro Reprodução
Ponte Rio-Niterói ficou fechada por seis minutos Reprodução

Comentários