Manifestação de moradores da Rocinha por morte de mototaxista interdita Lagoa-Barra

De acordo com o Centro de Operações, duas faixas da via foram fechadas

Por O Dia

Protesto contra a morte de Joselino (detalhe) fechou a Lagoa-Barra
Protesto contra a morte de Joselino (detalhe) fechou a Lagoa-Barra -
Rio - Uma manifestação organizada por moradores da Rocinha, na Zona Sul do Rio, interditou os dois sentidos  da Autoestrada Lagoa-Barra, na tarde desta segunda-feira. Eles contestam a ação da Polícia Militar que aconteceu nesta madrugada, que deixou duas pessoas baleadas e uma morta. A vítima fatal foi identificada como Jozelino Soares, de 28 anos, que seria um mototaxista.
Nesta manhã, mototaxistas realizaram um protesto na saída do Túnel Zuzu Angel, na Autoestrada Lagoa-Barra, sentido São Conrado. Policiais militares da UPP Rocinha e do 23ºBPM (Leblon) acompanharam os manifestantes. Uma faixa da via, sentido Barra, foi interditada.
No sentido Lagoa, o bloqueio é feito na Lagoa-Barra, na altura do Fashion Mall. pic.twitter.com/rjcAbiuIIF
— Centro de Operações Rio (@OperacoesRio) 6 de maio de 2019
É uma opção à Lagoa-Barra, que tem interdição nos dois sentidos, na altura da Rocinha, por causa de uma manifestação. pic.twitter.com/1gD2LuDWsq
— Centro de Operações Rio (@OperacoesRio) 6 de maio de 2019
A Polícia Militar informou que equipes do Batalhão de Choque (BPChq) estão atuando na parte baixa da comunidade e na Autoestrada Lagoa-Barra. "Policiais militares do 23°BPM (Leblon) estão acompanhando uma manifestação na autoestrada Lagoa-Barra, próximo ao acesso à comunidade da Rocinha. Os manifestantes estão tentando interromper o fluxo na via. Ocorrência em andamento", dizia a nota.
Morte de mototaxista
A PM informou que estava em patrulhamento, nesta madrugada, na Estrada da Gávea, quando suspeitos dentro de um carro efetuaram disparos contra os policiais. Em outro local, na Rua 4, militares se deslocavam para ajudar a equipe atacada e foram recebidos a tiros. Houve confronto e três pessoas foram baleadas, entre elas, Jozelino Soares, de 28 anos, que seria mototaxista.
Os feridos, baleados no rosto, no peito e na barriga, foram socorridos para o Hospital Municipal Miguel Couto. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, Jozelino deu entrada já em óbito na unidade. Os outros dois homens não foram identificados e não há informações sobre o estado de saúde deles. Um policial também foi atingido por estilhaços e passa bem.
Segundo a Polícia Militar, duas pistolas e munições foram apreendidas após confronto com criminosos.
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro