Prefeitura de Caxias notifica Transpetro por vazamento

Empresa tem cinco dias para apresentar documentos

Por O Dia

Tentativa de furto de combustível em duto da Transpetro deixou moradores em pânico; menina ficou com corpo 80% queimado
Tentativa de furto de combustível em duto da Transpetro deixou moradores em pânico; menina ficou com corpo 80% queimado -
Rio - A Prefeitura de Duque de Caxias notificou a Transpetro nesta quarta-feira (8/5), devido a empresa não ter definido em uma videoconferência, o prazo para que fossem adotadas as medidas necessárias após o roubo em duto de gasolina da empresa que passa pelo bairro Parque Capivari. Na ocasião, uma menina de nove anos teve 80% do corpo queimado pelo combustível.
Segundo a Prefeitura, a Transpetro terá cinco dias para apresentar as cópias da licença de operação referente aos dutos, plano de ação emergencial e análise de risco da faixa dos dutos implantados na região. O vazamento de gasolina do duto da Petrobras, próximo à Estrada Rio D'Ouro no bairro Parque Capivari, em Duque de Caxias, Baixada Fluminense, ocorreu no dia 26 de abril.
O cheiro forte do combustível alertou os moradores que, temendo uma explosão, acionaram o Corpo de Bombeiros. Na fuga dos moradores, Ana Cristina Pacheco Luciano caiu em uma poça de gasolina quente, ficando com 80% do corpo queimado. Ela e outras cinco pessoas foram atendidas no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes. Procurada a Transpetro ainda não se pronunciou sobre a notificação.

Comentários