Prefeitura lança programa que visa facilitar acesso a métodos contraceptivos

Objetivo é facilitar o acesso a métodos contraceptivos na rede municipal de saúde

Por O Dia

Prefeitura do Rio lança Programa
Prefeitura do Rio lança Programa "Planejando a Gravidez" -
Rio - O Programa "Planejando a Gravidez", que estimula o planejamento familiar facilitando o acesso a métodos contraceptivos na rede municipal de saúde, foi lançado pela Prefeitura do Rio nesta quinta-feira, no Palácio da Cidade.
As ações de planejamento familiar serão oferecidas nas clínicas da família e nos centros municipais de saúde. Lá, as famílias terão acesso aos diferentes métodos contraceptivos: pílula anticoncepcional, anticoncepcional injetável, o dispositivo intrauterino (DIU) e os naturais, como o Billings - baseado nos ciclos de fertilidade feminina. A escolha por qual método utilizar é das mulheres que são atendidas. Além disso, camisinhas masculina e a feminina, que evitam a gravidez e previnem as infecções sexualmente transmissíveis (IST), como Aids e sífilis, também estarão disponíveis. 
"Esse programa é muito importante. No Rio de Janeiro, na rede municipal, nascem mais de 50 mil crianças, e metade, segundo pesquisa feita pela Prefeitura, é de gravidez não planejada. Então temos mais ou menos de 25 mil a 30 mil crianças cujas mães não têm condições melhores para criar o neném. Agora temos todos os métodos contraceptivos disponíveis para a população. E, no ano passado, operamos mil homens em cirurgia de vasectomia. Zeramos a fila, e o programa continua. É fundamental que os métodos contraceptivos sejam popularizados, e esse é o esforço que estamos fazendo hoje, para evitar gravidez indesejada, disse o prefeito Marcelo Crivella.
A secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch, chamou atenção para a demanda referente às mulheres que não tem acesso a informações suficientes de como planejar uma gravidez. Ela também reforçou que o projeto pode impactar em indicadores de saúde de grande importância, como a incidência de gravidez na adolescência e a taxa de mortalidade materna-infantil.
De acordo com a prefeitura, houve o investimento em treinamentos e reciclagem para os profissionais da Atenção Básica. No dia 30 de março, mais de 100 servidores participaram do curso 'Planejamento Familiar pelo método Natural de Billings', realizado no auditório do Hospital Municipal Souza Aguiar. No próximo dia 18, outro curso será realizado, dessa vez sobre a inserção de DIU, método considerado eficaz e de longa duração. Para participar do novo programa, basta procurar uma clínica da família ou centro municipal de saúde.

Comentários