Funcionária do TCM que bateu em carros em perseguição já foi secretária de Cabral

Márcia Lins percorreu cerca de 5 km de Botafogo até parar com o veículo que dirigia em Jardim Botânico

Por RAI AQUINO

Márcia Lins foi secretária de Turismo, Esporte e Lazer durante a gestão de Sérgio Cabral
Márcia Lins foi secretária de Turismo, Esporte e Lazer durante a gestão de Sérgio Cabral -
Rio - Uma funcionária do Tribunal de Contas do Município (TCM) bateu em três carros durante uma perseguição policial por bairros da Zona Sul do Rio, no fim da noite desta quinta-feira. Marcia Beatriz Lins Izidoro, de 56 anos, atualmente é chefe de gabinete do conselheiro Luiz Antônio Guaraná, que já ocupou diversos cargos na administração municipal e já foi vereador carioca por três mandatos.
Marcia é jornalista e tem um vasto currículo de cargos na administração pública. De 2008 a 2013, durante a gestão de Sérgio Cabral (MDB), ela foi secretária estadual de Turismo, Esporte e Lazer. Antes, em 2007, quando Eduardo Paes (DEM) assumiu a Secretaria estadual de Turismo Esporte e Lazer, ela se tornou subsecretária executiva da pasta.
A jornalista também já trabalhou na Câmara dos Deputados, em Brasília, na Câmara de Vereadores do Rio e também na Subsecretária de Comunicação Social da Prefeitura do Rio.
A jornalista também já trabalhou com Eduardo Paes - Reprodução / Facebook
Na noite desta quinta, de acordo com testemunhas, Marcia se chocou com o primeiro carro quando estava na Rua Bambina, em Botafogo. Policiais militares do 2º BPM (Botafogo) viram a batida e tentaram se aproximar dela, que fugiu do local.
Segundo a PM, os agentes, então, foram atrás da jornalista por cerca de 5 km, até o Jardim Botânico. No caminho, ela se chocou com o retrovisor de outro carro até bater em um terceiro na altura da Rua Lopes Quintas.
A mulher acabou parando com o carro, após o air bag de seu veículo ser acionado. Marcia foi levada à 10ª DP (Botafogo), onde prestou depoimento e foi indiciada pelo crime de direção perigosa. De acordo com a Polícia Civil, ela foi até o IML para fazer um exame de alcoolemia e "o resultado prévio foi negativo".
Procurada pelo DIA, a jornalista disse que não se deu conta de que PMs estavam atrás dela, acreditando que estava sendo seguida por outra pessoa.
Já o TCM informou, através de sua assessoria de imprensa, que não vai se manifestar sobre o assunto, já que o episódio aconteceu quando Márcia "estava em um momento de sua vida privada".
A mulher percorreu cerca de 5 km até bater pela terceira vez - Reprodução / Facebook
 

Galeria de Fotos

Márcia Lins foi secretária de Turismo, Esporte e Lazer durante a gestão de Sérgio Cabral Reprodução / Facebook
A mulher percorreu cerca de 5 km até bater pela terceira vez Reprodução / Facebook
A jornalista também já trabalhou com Eduardo Paes Reprodução / Facebook

Comentários