Após chuvas, Prefeitura de Arraial do Cabo decreta estado de calamidade pública

Rodovia RJ-140 está interditada e Secretaria de Assistência Social está recolhendo doações para as vítimas. Moradores em áres de risco devem entrar em contato com a Defesa Civil imediatamente em casos de emergência

Por O Dia

Chuvas fortes atingiram Arraial do Cabo, na Região dos Lagos
Chuvas fortes atingiram Arraial do Cabo, na Região dos Lagos -
Rio - Castigada pelas fortes chuvas, a cidade de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, decretou estado de calamidade pública, nesta sexta-feiral por conta dos danos causados pelo temporal. Segundo a prefeitura do município, o objetivo é preservar o bem estar da população e das atividades econômicas do município. A medida é necessária para solicitar todo tipo de cooperação nas situações emergenciais.
As fortes chuvas que atingiram a cidade resultaram em danos materiais, ambientais e sociais, de acordo com o relatório da Coordenadoria de Defesa Civil de Arraial do Cabo. 
“Estamos vivendo um momento triste em nossa cidade, em que famílias perderam suas casas, estradas interditadas, deslizamentos de terra, entre outros transtornos causados por essa forte chuva. Todas as equipes estão nas ruas trabalhando para minimizar todos os impactos gerados e estamos aguardando a chegada da Defesa Civil do Estado para uma reunião e, dessa forma, definir outras ações”, afirmou Renatinho Vianna, prefeito da cidade.
Os moradores em áreas de risco devem entrar em contato com a Defesa Civil imediatamente em casos de emergência, através do 199, e procurar a Secretaria de Assistência Social no CRAS do município ou através do número (22) 99961-3787.
A Secretaria de Assistência Social está recolhendo doações de roupas, alimentos, água, roupas de cama, colchões, produtos de limpeza e outros mantimentos que serão destinados às vítimas das chuvas que assolam a cidade. É possível realizar as doações nos postos de saúde de Figueira, na E.M. Adolpho Beranger Jr, na Primeira Igreja Batista e nas Igrejas Católicas (Matriz e Sagrado Coração de Jesus).
O DER-RJ informa que a RJ-140 está interditada para realização de serviços executados pela prefeitura devido à queda de um poste. Os motoristas estão sendo orientados a pegar um acesso alternativo indicado pela prefeitura. O departamento aguarda o término do serviço para liberação da pista.
O departamento informa que a equipe técnica da região percorreu e realizou uma vistoria técnica na RJ-165 (Paraty-Cunha). A circulação de veículos está em meia pista em alguns trechos da rodovia onde ocorreram deslizamentos. Essas quedas aconteceram dentro do perímetro da rodovia que fica na serra. O DER-RJ também está fazendo a sinalização necessária para auxiliar os motoristas que passam pela região. O órgão segue em alerta monitorando a trafegabilidade da RJ-165.

Comentários