Lutador é preso suspeito de matar e postar foto da vítima em rede social

Crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira em um bar na Tijuca

Por O Dia

Igor Uriel Tron Pereira Lomba
Igor Uriel Tron Pereira Lomba -
Rio - Um lutador de jiu-jitsu foi preso suspeito de espancar um homem até a morte, na madrugada desta quarta-feira, após um desentendimento em um bar na Tijuca, Zona Norte do Rio. De acordo com a Polícia Civil, Igor Uriel Tron Pereira Lomba, 28 anos, declarou nas suas redes sociais ter sido o autor das agressões contra André Luiz França Caldas, de 45 anos. 
A Delegacia de Homicídios (DH) da Capital investiga o caso. Igor foi preso na porta de uma academia de lutas na Rua Pereira Siqueira, na Tijuca, por agentes da especializada e 19ª DP (Tijuca). 
Segundo a delegada responsável pelo caso, Cristiane Carvalho, durante a diligência para prender o suspeito, os agentes encontraram em sua casa fabricação de maconha. No local, também havia plantas e grande estufa para reprodução da erva. Ele foi preso em flagrante por homicídio e responderá também por tráfico de drogas.
Lutador publicou foto da vítima em rede social - Reprodução Instagram
A Polícia Militar informou que, na madrugada desta quarta-feira, equipes do 6º BPM (Tijuca) foram acionadas para checar uma confusão em um bar na Avenida Maracanã com Rua Major ávila. Chegando ao local, um homem foi encontrado com sinais de agressões.
Os agentes encontraram na casa do lutador plantas e estufa para reprodução da maconha - Divulgação
De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, André chegou com algumas lesões, que indicavam agressão e quando ele estava sendo atendido pela equipe médica não resistiu e faleceu. 

Galeria de Fotos

Igor Uriel Tron Pereira Lomba Reprodução Facebook
Os agentes encontraram na casa do lutador plantas e estufa para reprodução da maconha Divulgação
Os agentes encontraram na casa do lutador plantas e estufa para reprodução da maconha Divulgação
Igor foi preso por agentes da 19ª (Tijuca) Reprodução / TV Globo
Lutador publicou foto da vítima em rede social Reprodução Instagram
Igor Uriel Divulgação

Comentários