TRF-2 torna réus deputados presos na Operação Furna da Onça

Todos os cinco desembargadores votaram pelo recebimento da ação

Por O Dia

Deputados da Alerj presos na Furna da Onça viram réus por decisão do TRF-2
Deputados da Alerj presos na Furna da Onça viram réus por decisão do TRF-2 -
Rio - A 1ª Seção Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), decidiu nesta quinta-feira, por cinco votos a zero, receber a denúncia contra os cinco deputados estaduais presos na Operação Furna da Onça. Os parlamentares, portanto, são réus na agora ação penal. As prisões também foram mantidas pelos desembargadores, com apenas um voto divergente. 
O Ministério Público Federal (MPF) acusou os deputados estaduais de cometer os crimes de corrupção e associação criminosa, lavagem de dinheiro, loteamento de cargos públicos e mão de obra terceirizada, principalmente no Detran-RJ.
Os deputados julgados no processo de hoje foram: André Corrêa (DEM), Chiquinho da Mangueira (PSC), Luiz Martins (PDT), Marcos Abrahão (Avante) e Marcus Vinicius "Neskau" (PTB). A Justiça mantém presos preventivamente quatro parlamentares, exceto Chiquinho da Mangueira, que está em prisão domiciliar. 


 

Comentários