O DIA no seu bairro: Falta dinheiro e asfalto na Vila Jurandir

Equipe do DIA voltou ao local e encontrou problemas já relatados em novembro do ano passado. Moradores criticam falta de ação da Prefeitura de São João de Meriti

Por Aline Cavalcante

Desde novembro moradores relatam o descaso da prefeitura e convivem com verdadeiras crateras nas ruas
Desde novembro moradores relatam o descaso da prefeitura e convivem com verdadeiras crateras nas ruas -
Seis meses depois da última visita à Vila Jurandir, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, O Dia no seu Bairro verificou pouca coisa mudou. A prefeitura fez a retirada da maior parte do lixo, mas muitos problemas ainda permanecem.
A Avenida Paulo Frontin permanece com muitos buracos na via. "A prefeitura retirou o lixo, mas ainda não deu uma utilidade para o espaço. Por que não fazer uma praça, jardim, academia ou qualquer outra opção de lazer aqui?", questiona a cabeleireira Patrícia Maria dos Santos, de 47 anos.
O lixo foi retirado apenas de uma parte, o que incomoda o autônomo Nelson Barbosa, 62. "Limpeza é saúde. É o básico para uma população mais saudável. O lixo é um problema crônico", reclama. A opinião é compartilhada com Nilton Francisco, 59. "Fico com medo é do acúmulo de água no meio do entulho. Vira um foco de dengue".
Sem asfalto e com muito mato, a rotina dos moradores da Rua José Cardoso, é difícil. "Sair de casa e se deparar com a rua desse jeito é muito ruim. Quando não atolamos na lama, sofremos com a poeira", ressalta Juverly Lima, 59. A falta de iluminação é outro motivo de reclamações. "Estamos às escuras, a maioria das lâmpadas está queimada e a prefeitura não faz a troca", diz a estudante Millena Manhães, 20.
A violência no bairro ainda assusta os moradores. "Principalmente nos pontos de ônibus os assaltos acontecem com frequência. É terrível esta situação", lamentou um morador que não quis se identificar.
A Prefeitura de São João de Meriti não respondeu as solicitações até o fechamento desta edição.
Já a Polícia Militar informou que o 21º BPM (Vilar dos Teles) atua com base nas análises das manchas criminais e informações do setor de Inteligência, e com policiamento ostensivo. Ressaltou ainda que as vítimas não deixem de registrar o roubo nas delegacias.

Galeria de Fotos

Desde novembro moradores relatam o descaso da prefeitura e convivem com verdadeiras crateras nas ruas fotos Luciano Belford
Patrícia dos Santos quer área de lazer Luciano Belford/Agencia O Dia
Nelson Barbosa pede coleta de lixo Luciano Belford/Agencia O Dia
Millena Manhães: falta de iluminação Luciano Belford/Agencia O Dia
Nilton Francisco: focos de dengue Luciano Belford/Agencia O Dia

Comentários