Por dentro do casamento do '03' de Bolsonaro: cerimonialistas analisam o evento

Deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e Heloísa Wolf selaram a união em cerimônia intimista, no último sábado, para 150 convidados

Por O Dia

Eduardo Bolsonaro e Heloisa Wolf disseram sim no dia 25 de maio de 2019
Eduardo Bolsonaro e Heloisa Wolf disseram sim no dia 25 de maio de 2019 -
Rio - Não é todo dia que se casa o filho do presidente da República. Por isso, o último sábado, 25 de maio, tornou-se um verdadeiro acontecimento nas redes sociais e no Rio, mais precisamente em pleno bairro de Santa Teresa, no Centro. Com uma vista de frente para o Pão de Açúcar, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) — o '03' de Jair Bolsonaro — e a psicóloga Heloísa Wolf disseram sim, em cerimônia comandada pelo pastor Pedro Litwinczuk, ou Pedrão para os fiéis.
O casamento vespertino teve 150 convidados, sendo considerado, assim, um evento intimista e quase um 'miniwedding' — como explicam especialistas no assunto. Márcia Santiago, cerimonialista responsável pelo casório dos pombinhos e amiga de Michelle Bolsonaro, explicou que Heloísa e Eduardo fizeram questão de um evento para familiares e amigos que, de fato, fizeram parte da história do casal. Todos que prestigiaram a festa começaram a chegar ao local às 16h — a solenidade estava marcada para começar às 17h.
Cada detalhe, desde o tom dos ternos do noivo e padrinhos até os arranjos de flores, foi pensado minuciosamente atendendo ao horário do evento.
Os irmãos, o senador Flávio (PSL-RJ) e o vereador Carlos (PSC), além da primeira-dama, integraram o time dos padrinhos e madrinhas. O presidente entrou com a mãe da noiva e, durante a cerimônia, sentou-se ao lado da mãe de Eduardo, Rogéria Nantes (de vermelho).
A ideia de as madrinhas se vestirem da mesma cor é influência dos casórios americanos, ressaltou a cerimonialista Graça Tavares, com 20 anos de experiência no ramo. "É um modelo que vem sendo muito adaptado aqui no Brasil, especialmente em casamentos realizados à tarde", observou.
Graça revelou ainda que o trio de bolos é outro padrão da terra de Donald Trump. "Segue o modelo americano, as pessoas têm feito assim nos Estados Unidos", disse ela, que apontou a cadela Beretta como uma das maiores simpatias do evento. Xodó dos noivos, Beretta brilhou entrando com as alianças.
Já o cenário do espaço de festas — Casa de Santa Teresa — é de tirar o fôlego. "Foi um casamento romântico em um local bucólico", completou Graça.
Três meses de preparo
Márcia Santiago contou que teve três meses para preparar a festa: "Foi um desafio fazer tudo nesse pouco tempo, mas o resultado ficou incrível. Como a Heloísa sempre foi uma noiva bem decidida ficou tudo mais fácil".
Ela disse ainda que houve um único pedido feito por Heloísa e que estava fora do seu 'script': hortências. "Ela queria hortênsias na decoração floral e que não precisaria escolher fornecedores renomados do mercado. A ideia é que eles fossem do agrado dos noivos, pois essa seria uma forma de prestigiar outros fornecedores menos conhecidos".
Vestido da noiva: elegância e simplicidade
Eduardo vestia terno azul claro e colete prata. O parlamentar colocou ainda um prendedor de gravata em formato de arma. Já o vestido da noiva, que é sempre um dos itens mais comentados, foi de autoria da estilista Marie Lafayette, que já confeccionou roupas para a primeira-dama.
Nas palavras da designer de moda Gabriella Moura, fundadora da Belina Ateliê, Heloísa estava "impecável". "A produção dos noivos estava linda, apropriada para o lugar. O vestido de Heloísa com corte impecável, com materiais de excelente qualidade, por mais que não fosse super trabalhado, ela ficou super elegante", opinou.
Gabriella também analisou a primeira-dama. "A Michelle já vem usando peças mais minimalistas, inclusive em seu próprio casamento. Ela seguiu com a linha que já tem aderido: peças lisas, com pouca renda. A escolha encaixou no contexto".
Cardápio de dar água na boca
Os bolos foram da Ivanilda Pinheiro Cake Designer. Já o cardápio ficou sob a responsabilidade do buffet Arte dos Sabores, da empresária Rosane Martins, com 20 anos de experiência. Rosane explicou ao DIA que foram servidos aos convidados coquetel com mini-degustação e estação de risoto (de cogumelos selvagens) e uma massa (ravióli de ricota ao molho de tomate pelati com manjericão e muçarela de búfala). 
Segurança reforçada
Como se tratava do casamento do filho do presidente Jair Bolsonaro, havia um aparato todo especial de segurança no local. Bolsonaro, Flávio e Carlos chegaram separados, mas todos escoltados. A entrada para o Morro dos Prazeres, próxima ao local do casamento, estava fechada por um Caveirão da Polícia Militar. E policiais federais faziam a guarda (à paisana) de terno.
Em seu Instagram, o presidente publicou uma foto homenageando o filho logo após a cerimônia. "Que Deus proteja essa família que se forma nessa data. Aos 35 anos Eduardo entra no time dos homens sérios", escreveu.

Galeria de Fotos

Eduardo Bolsonaro e Heloisa Wolf disseram sim no dia 25 de maio de 2019 Davi Nascimento
Bandeja com itens do coquetel servido antes da estação WhatsApp O DIA
Eduardo Bolsonaro e Heloísa Wolf se casaram na Casa Santa Teresa, Centro do Rio, na tarde de sábado WhatsApp O DIA
Bolos foram de Ivanilda Pinheiro Cake Designer. fotos divulgação
Cadela Beretta, xodó dos noivos, brilhou ao entrar com as alianças WhatsApp O DIA
Cardápio da festa ficou sob a responsabilidade do buffet Arte dos Sabores; na foto: feijoada de frutos do mar WhatsApp O DIA
O presidente Jair Bolsonaro e sua ex-esposa e mãe de Eduardo sentaram lado a lado no altar WhatsApp O DIA
Cardápio da festa ficou sob a responsabilidade do buffet Arte dos Sabores, da empresária Rosane Martins, com 20 anos de experiência WhatsApp O DIA
Eduardo e Heloísa se casaram na Casa de Santa Teresa, região central do Rio, na tarde de sábado, em cerimônia comandada pelo pastor Pedrão WhatsApp O DIA

Comentários