Balanço dos primeiros meses de fiscalização

Detran.RJ apresentou a primeira parcial de vistorias feitas no estado, que começaram em abril deste ano

Por O Dia

Equipes do Detran Seguro montam operações em todo o estado
Equipes do Detran Seguro montam operações em todo o estado -
Rio - Mais de 8,5 mil veículos foram vistoriados no estado nos três primeiros meses da Operação Detran Seguro, segundo levantamento do Detran.RJ. Ao todo, foram 219 abordagens feitas pelos agentes de trânsito do órgão.
Nesse período, eles registraram 3.829 autos de infração, média de um registro feito a cada 34 minutos. A fiscalização também foi responsável pela remoção de 1.399 automóveis num intervalo de 90 dias. Esse tipo de medida só foi adotada pelos agentes em casos extremos, quando os veículos não apresentavam condições mínimas de segurança para circular por falta de licenciamento ou má conservação. A região do Maracanã, na Zona Norte do Rio, foi a que mais recebeu a ação. A operação foi montada 15 vezes no bairro, média de uma vez a cada seis dias. São Cristóvão, também na Zona Norte, e Aterro do Flamengo, na Zona Sul, aparecem em segundo lugar, com 12 fiscalizações cada.
O bairro de Santa Cruz, na Zona Oeste, figura em quarto lugar na lista, com 10 operações num intervalo de três meses. O Recreio dos Bandeirantes, também na Zona Oeste, fecha a lista das cinco áreas com maior incidência de ações, com oito abordagens a motoristas que circularam pela região.
“As ações ocorrem de domingo a domingo, pela manhã e à tarde. Na Região Metropolitana, duas equipes se revezam. Uma terceira equipe é responsável por rodar os demais municípios”, diz Marcus Moreira, Analista de Gestão de Planejamento da Coordenadoria de Fiscalização do Detran.RJ.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários