Felipe Neto revela o motivo de batalha judicial com o pastor Silas Malafaia

Influenciador falou sobre processo após religioso entrar em recuperação fiscal

Por Meia Hora

Felipe Neto
Felipe Neto -
Rio - O youtuber Felipe Neto fez uma sequência de tweets na madrugada desta segunda-feira, após o pastor Silas Malafaia declarar processo de falência em sua empresa. Silas processou o influenciador por ele expor um esquema de boicote feito pelo pastor a empresas que apoiam a causa LGBT.
Felipe falou sobre a ação que ele e Malafaia travaram na justiça desde 2017. "Quando me processou na justiça criminal, sua estratégia de silenciamento era de que eu ficaria com medo e aceitaria o acordo. Então ele apareceu na audiência de conciliação, pomposo, dizendo que era só eu deletar o vídeo e pedir desculpas publicamente que ele removeria o processo", explicou o influenciador.
O youtuber ainda ressaltou que não aceitaria a proposta do pastor. "Ele achava que estava lidando com um menino do Youtube. Saiu de lá sabendo onde tinha se metido", completou. "O processo segue correndo. Ele busca minha condenação com sentença de prisão, simplesmente por eu ter feito meu papel de ser humano e defendido outros seres humanos", disse. Neto também explicou o que motivou para que ele falasse sobre o assunto agora: "Contei tudo isso porque acabei de saber que Silas Malafaia entrou com pedido de recuperação judicial em sua empresa, após declarar que não consegue vender nem 25% do que vendia em outros tempos".
Felipe também deixou um recado para Malafaia e encerrou o assunto. "A justiça humana pode falhar, amigos. Mas a justiça do caráter, essa muitas vezes resolve", avisou. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia