Traficante que tentou fugir disfarçado de mulher é encontrado morto na cela

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), ele teria tirado a própria vida com um lençol

Por O Dia

Clauvino da Silva, 42 anos, havia fugido da prisão em 2013
Clauvino da Silva, 42 anos, havia fugido da prisão em 2013 -
Rio - O traficante Clauvino da Silva, 42 anos, que tentou fugir da cadeia vestido de mulher neste fim de semana, foi encontrado morto dentro da cela em que estava na Penitenciária Laércio da Costa Pelegrino, em Bangu, na manhã desta terça-feira. 
De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), ele teria tirado a própria vida com um lençol. "O Corpo de Bombeiros foi acionado e será realizado o registro de ocorrência. Também será instaurada uma sindicância para apurar os fatos", disse, em nota, a Seap.

Galeria de Fotos

preso passa por filha reprodução
Condenado a 73 anos, Clauvino da Silva está preso desde 2013 divulgação
Clauvino da Silva, 42 anos, havia fugido da prisão em 2013 reproduções de vídeo
Condenado a 73 anos, Clauvino da Silva está preso desde 2013 divulgação
Preso se faz passar pela filha para fugir de Bangu 3 divulgação
Preso se faz passar pela filha para fugir de Bangu 3 divulgação
Conhecido como Ronca, o criminoso tentou fugir vestindo uma máscara de silicone, peruca e roupas femininas, inclusive um sutiã. Após a tentativa frustrada, ele foi colocado na solitária da Penitenciária Laércio da Costa Pelegrino (Bangu 1).
Uma visitante grávida e a filha do preso responderão por facilitação de fuga. Clauvino havia sido condenado a 73 anos e 10 meses de prisão por tráfico de drogas e já tinha conseguido fugir do Complexo de Bangu, em 2013. Porém, ele foi recapturado em Angra dos Reis, sua área de atuação, no dia seguinte. Na época, o preso cavou um túnel de cinco metros e com outros 30 bandidos nadou cerca de 30 segundos submerso no esgoto até conseguir chegar a uma galeria que dava acesso à rua.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários