Miliciano é preso durante operação da Draco na Zona Oeste

Criminosos era responsável por extorsões na região em nome do grupo Liga da Justiça

Por O Dia

Material encontrado em residência onde miliciano foi preso
Material encontrado em residência onde miliciano foi preso -
Rio - Uma ação realizada pela Delegacia de Repressão à Ações Criminosas (Draco) prendeu na noite desta quinta-feira, o criminoso Eduardo Ramos Teixeira, também conhecido como Feijão, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, dentro de uma residência. Ele é apontado como integrante da milicia que atua localidade.
De acordo com a Polícia Civil, o criminoso era responsável por extorsões em nome do grupo criminoso Liga da Justiça, a maior milícia do estado do Rio. No interior do imóvel que Eduardo foi capturado, agentes da Draco encontraram duas armas de fogo, uma pistola .380 e uma espingarda calibre 22.
Contra o miliciano, havia um mandado de prisão por organização criminosa. Ainda segundo a Polícia Civil, as ações para a captura de criminosos ligados a grupos para-militares seguem em andamento na localidade.

Galeria de Fotos

Material encontrado em residência onde miliciano foi preso Reprodução / Internet
Material encontrado em residência onde miliciano foi preso Reprodução / Internet

Comentários