Carta de Gabriel para os pais

Amigos do estudante morto na última sexta-feira na Tijuca, enquanto seguia para a escola, escreveram uma carta aos pais do rapaz

Por O Dia

Rio - No velório do estudante Gabriel Pereira Alves, de 18 anos, morto na última sexta-feira, enquanto esperava ônibus na Rua Conde de Bonfim, na Tijuca, amigos leram uma carta aos pais do jovem. 

Carta de Gabriel para os pais

Oi mãe, oi pai. Tudo bem? Sou eu Gabriel, o filho de vocês. É, eu estou vendo tudo o que meus amigos estão fazendo. Estou vendo toda a confusão na rua e todo o protesto.

Mãe, não fica triste, estou bem. Estou morando com Deus e aqui é lindo. Encontrei amigos meus que partiram antes de mim. Eles estão todos aqui morando com Deus. Eu, só quero pedir obrigado por tudo o que vocês estão fazendo por mim. Quantos amigos, conhecidos e familiares.

(Eu) estava indo para a escola. Não estava traficando, matando, roubando e nem fazendo mau para ninguém. Eu vim para um lugar melhor. Aqui não tem covardia, gente ruim e nem policial covarde. Mãe e pai, vocês não tem noção do quão lindo é aqui no Céu. Deus me recebeu de braços abertos. Aqui eu vou ser bem cuidado.

Fiquei triste pelo fato de não conseguir realizar meu sonho. Mas, Deus sabe o que faz. Ele achou melhor me trazer de volta para o Céu. Ele não quis deixar eu viver a covardia daí debaixo.

Minha blusa suja de sangue, minha mochila no chão e eu caído morto. Cenas que talvez não saia da cabeça de ninguém. Enfim.

Gente, se cuidem. Tomem cuidado aí nesse mundo tão cruel. Vou olhar por vocês daqui de cima. Eu e Deus. Amo muito vocês.
 

Comentários